Secretaria contrata nuvem por R$ 8 milhões e justifica necessidade de armazenamento de dados

191
Maria José Cotrim
A empresa Intelit Processos Inteligentes foi contratada pela Secretaria Estadual de meio Ambiente por mais de R$ 8 milhões para solução integrada para could (nuvem) privada e equipamentos de Tecnologia da Informação. O extrato do contrato é assinado pela titular da pasta, Luzimeire Carreira e pelo representante da empresa, Carlos Jacobino Lima.
IMG-20170808-WA0036
Procurada pela Gazeta do Cerrado,a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos informou que a pasta está investindo na infraestrutura de tecnologia da informação, através de um cloud próprio. A aquisição, via licitação, foi feita por meio de convênio com o Banco Mundial.
Com o novo sistema será possível realizar o armazenamento do atual banco de dados, integrar as plataformas do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e da Secretaria do Planejamento e Orçamento.
A pasta justificou ainda que a demanda atual relacionada às plataformas é crescente, sendo necessária uma estrutura de dados para a armazenagem das propriedades do Cadastro Ambiental Rural (CAR), atualmente hospedada em uma empresa privada; também será implantada a plataforma do Sistema de Gestão das Unidades de Conservação (GESTO); o novo sistema informatizado do ICMS Ecológico, onde todos os municípios irão alimentar com informações.
O cloud vai permitir a segurança e capacidade necessárias para armazenamento das imagens da base vetorial cartográfica do CAR. A configuração dessa plataforma prevê, conforme o contrato, a capacitação de transferência de tecnologia os técnicos da Semarh com 600 horas de operação assistidas.

Sua opinião é muito importante: