Especial: Miranda minimiza críticas de Katia e alfineta: “meu foco é cuidar do Estado”

198

Brener Nunes

Governador Marcelo Miranda (3)

Questionado pela Gazeta do Cerrado em relação as declarações da senadora Katia Abreu (PMDB), o governador Marcelo Miranda (PMDB), diz que seu dever é governar com transparência. “Agora, meu dever aqui hoje é estar à frente do governo e governar com transparência. Esse é nosso desejo, governar com transparência”.

“Eu procuro focar na governabilidade, eu procuro focar cuidar do Estado. Então, nós temos eficiência, estamos procurando resolver essas demandas que nós temos”, complementa Marcelo.

Crítica de Kátia
No último dia 11, durante coletiva de imprensa, a senadora Kátia Abreu disse estar decepcionada com o atual governo do Estado. “Olha, eu, não gostaria de fazer nenhuma crítica destrutiva ao governador. Mas, o Estado inteiro sabe. Que do ponto de vista eleitoral as condições dele estão as piores possíveis. Citando apenas a Saúde, que hoje já virou um crime quase intencional. Deixar as pessoas morrerem como estão, quer dizer morrer numa cirurgia, morrer numa internação, isso é normal no mundo inteiro. Agora, no descaso, no abandono, como crianças, adultos, idosos tem morrido nos hospitais do Estado. Isso é um atestado de incompetência gerencial. Então, ele tem que colocar a mão na consciência e ver que ele não foi bem-sucedido”, contou.

Ainda sobre o Marcelo, Abreu diz que as coisas não serão nada fáceis para o governador. “Ainda temos a questão da justiça, porque as coisas também não estão fáceis para ele, a situação é grave, temos notícias de que outras coisas mais graves virão, e isso envergonha nosso Estado, isso afasta os investidores, eles ficam com medo de vir para cá, porque eles não sabem quem é o governador. A mesma coisa no Brasil. Por que os investidores não querem vir para o Brasil? Não sabem se o Michel Temer cai, não sabe se o Michel Temer fica. A Dilma teve impeachment. Sai não sai. Então, tudo isso gera insegurança”, finalizou.

Sua opinião é muito importante: