Encontro vai elaborar documento sobre mudanças climáticas

Um documento com sugestões e recomendações à implementação da Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) do Brasil à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas deve ser entregue nesta segunda-feira, 13, ao final do seminário Mudanças Climáticas e as Capitais Brasileiras, evento integrado ao IX Encontro Nacional do Fórum de Secretários do Meio Ambiente das Capitais Brasileiras CB27, do qual participa o presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente, Evercino Moura dos Santos Júnior.

 

Além da oportunidade de alinhamento e modernização com as políticas públicas de Meio Ambiente, adotadas tanto em nível nacional quanto internacional, o presidente deve falar sobre as experiências exitosas de Palmas, como o Viveiro Educador que serve para educação ambiental, ações de recuperação da flora local, proteção de nascentes e preservação das espécies nativas próprias do cerrado.

mudança-climática

“Temos experiências inovadoras em Palmas, como o Viveiro Educador, que promove atividades interdisciplinares e atende o público escolar e a população em geral. São informações sobre preservação ambiental, doação de mudas e execução de plantio, dentre outras”, disse o presidente Evercino, acrescentando que “esse é um entre tantos exemplos. Trabalhamos na prevenção de queimadas, proteção da fauna e flora, implementação do plano de arborização e todas as atividades necessárias para as expedições de licenças para as atividades de rotina da cidade”.

 

Palestra

 

O encontro teve como um dos principais debatedores o climatologista Carlos Nobre, presidente do Conselho Diretor do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas e integrante do grupo de cientistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU. O tema abordado por Nobre foi “O impacto das mudanças climáticas nas cidades”. Ele também é coordenador do Sistema Nacional de Alerta e Prevenção de Desastres Naturais no Brasil.

 

Realização

 

O evento está sendo promovido pelas organizações ICLEI, Adenauer Conrad, CB 27, ADEMI-BA e prefeitura de Salvador, dentre outras. Também já estão confirmados para o Fórum mais de 20 secretários de Meio Ambiente das capitais brasileiras, representantes de ministérios, organizações da sociedade civil e o prefeito ACM Neto.

 

Histórico

 

O Fórum de Secretários de Meio Ambiente das Capitais Brasileiras, CB27, foi criado durante o processo de preparação das cidades para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em maio de 2012, com o objetivo de promover a articulação política e a cooperação entre as capitais, com foco no tema do enfrentamento às mudanças climáticas. (Com informações da organização do evento.)

Sua opinião é muito importante: