Lançado para 2018 por Cintia, Amastha admite possibilidade de candidatura e dispara: ” O Estado não é Fazenda”

Maria José Cotrim

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB) reassumiu o cargo na manhã  desta segunda-feira, 20. A equipe de secretariado prestigiou coletiva do gestor onde ele falou de assuntos polêmicos.

WhatsApp Image 2017-03-20 at 08.56.39 (1)
O prefeito afirmou que a cidade está em uma revolução em todas as áreas. ” Muita gente não quer perceber mas o povo percebe”, disse Ele frisou que a velha política em nada colabora. ” Ficar falando abobrinha não é o caso”.

Sobre a decisão do TJ com relação ao IPTU ele frisou: “A desembargadora foi levada ao erro”, disse. Ele conta que tem o ano inteiro para mostrar que os especuladores são os maiores prejudicados com o projeto da prefeitura. ” A planta só traz correções”, disse.

WhatsApp Image 2017-03-20 at 08.56.39

Sobre a disputa em 2018 ele declarou: ” Independente de quem seja candidato vamos participar ativamente do projeto. Tem grandes nomes e lideranças no Estado”, frisou. Segundo ele, Estado não é Fazenda e o povo não são os bois deles. ” O povo cansou dessa Maneira de fazer política, queremos uma política decente”, disse.

A vice Cintia Ribeiro comentou em sua fala  rumores de que Amastha pode ser candidato a governador ano que vem e praticamente lançou o prefeito na disputa. ” Ele pode ser o que ele quiser, eu quero é que ele seja”, afirmou.

WhatsApp Image 2017-03-20 at 08.56.40

BRT

Sobre o BRT o final do inquérito da Operação Nosostros deve acontecer no final deste mes e segundo o prefeito, após isso retomará o projeto. ” Palmas vai ter BRT e isso já está decidido”, frisou. Segundo ele, as obras já vão começar.

Sua opinião é muito importante: