Morre tradicional sanfoneiro das feiras de Palmas; palmenses sugerem homenagem

Sr. Joaquim e a esposa alegravam as feiras (Foto: Elias Oliveira/Jornal do Tocantins)
Sr. Joaquim e a esposa alegravam as feiras (Foto: Elias Oliveira/Jornal do Tocantins)
Sr. Joaquim e a esposa alegravam as feiras (Foto: Elias Oliveira/Jornal do Tocantins)

Faleceu esta semana o senhor Joaquim Conceição de Carvalho, sanfoneiro que alegrava as feiras cobertas da 304 Sul e 1.106 Sul, em Palmas. Sem se importar com grandes estruturas, ele e a esposa, dona Francisca Pereira Carvalho, marcavam presença nesses locais há mais de 10 anos e cativaram os frequentadores. Ele, que também era carinhosamente conhecido como o “Ceguim da feira”, nasceu na Paraíba já com a deficiência visual.

Com a notícia da morte do sanfoneiro, vários palmenses se manifestaram pelas redes sociais lamentando e sugerindo que a Feira da 304 Sul recebesse seu nome como homenagem.

 

Nota de pesar – Prefeitura de Palmas 

A Prefeitura de Palmas lamenta profundamente a morte de Joaquim Conceição de Carvalho, o Seu Joaquim Sanfoneiro, que ganhava o pão tocando sua sanfona inseparável nas feiras cobertas da Capital, ocorrida nessa última semana. Palmas perde um representante da cultura popular palmense que enxergava com os olhos da alma.

 

Sua opinião é muito importante: