BRK prefere não se posicionar sobre CPI

(Divulgação)

 

Durante sessão na Assembleia Legislativa na manhã dessa quarta-feira, 21, o deputado Osires Damaso (PSC) apresentou uma proposta de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de água e esgoto no Tocantins. Procurados pela Gazeta, a BRK não quis se pronunciar sobre a CPI.

Conforme Damaso, a CPI ” esclarecerá além de várias denúncias de cobrança indevida e outras irregularidades”, disse. Damaso disse que a empresa precisa respeitar o povo do Tocantins e parar de cobrar indevidamente algumas taxas.

De acordo com o deputado, devem ser analisados o faturamento da empresa e projetos de investimento e aplicação. “A forma de gestão do serviço prestado pela empresa deve ser investigada, além dos possíveis crimes ambientais”, pontuou.

O parlamentar também pede uma auditoria externa na empresa.

Várias reclamações têm sido feitas por parte de usuários com relação a prestação de serviços da BRK ambiental e na Assembleia desde o ano passado os parlamentares também tem feito reclamações e alegado que há suspeitas com relação á empresa.

(Divulgação)

Sua opinião é muito importante: