Após esperar quatro meses no HGP, mulher faz rifa de celular para pagar cirurgia do filho

0
270
(Divulgação)

Após esperar quatro meses, Ariane Leal Costa de Sousa, de 38 anos, desempregada, decidiu fazer uma rifa de um celular para custear um procedimento cirúrgico ortopédico do filho, Alexandre Leal Costa, de 17 anos. A rifa custa R$ 10 e o sorteio está marcado para 17 de abril.

Segundo Ariane, o filho quebrou o braço em novembro de 2017 quando caiu de um pé de coco no quintal de casa. Alexandre ficou internado no Hospital Geral de Palmas (HGP) por várias semanas, mas, sem ao menos fazer a cirurgia, foi mandado para aguardar em casa ser chamado para o procedimento cirúrgico.

Dias depois, Alexandre voltou para ao Hospital na esperança de fazer a cirurgia, mas novamente foi mandado pelo médico aguardar em casa, e até o momento não foi chamado para o procedimento.

No laudo, o médico afirma que o caso foi uma urgência e agora se tornou eletivo devido à superlotação do HGP. “O caso deste paciente foi uma urgência, a superlotação do HGP foi a causadora da não realização da cirurgia em tempo hábil. ” Diz o laudo médico.

Por conta de a fratura ser no braço direito, a situação é tão grave, que segundo informou a mãe, o filho está sendo prejudicado na escola devido à dificuldade para escrever e por isso precisa, com urgência, fazer a cirurgia.

Para quem se interessar em comprar rifa para ajudar na causa de Alexandre, pode entrar em contato com Ariane pelo telefone (63) 9 8402-2546.

Outra forma de contribuir com qualquer quantia financeira é por meio de conta bancária da mãe de Alexandre:

Caixa Econômica Federal

Ariane Leal Costa de Sousa

Agência: 1867-8

Conta Corrente: 30103-5

Sua opinião é muito importante: