Panorama Geral: das sete, duas candidaturas foram barradas pelo TRE; disputa está acirrada

0
263
Foto Divulgação/TRE-TO

Maria José Cotrim

Mais uma etapa para as eleições suplementares foi cumprida no âmbito do TRE: o julgamento do registro das candidaturas.

Foram barrados na justiça eleitoral estadual: Carlos Amastha por causa do prazo de desincompatibilização e Mário Lúcio Avelar em razão da prestação de contas do PSOL. Ambos disseram que vão recorrer no TSE o mais breve possível.

Amastha e Avelar mantém as atividade de campanha e o candidato do PSB chegou a dizer hoje que acredita numa vitória esmagadora.

Os registros de Mauro Carlesse do PHS, Marlon Reis do Rede, Kátia Abreu do PDT e Vicentinho Alves foram aprovados na corte eleitoral.

A partir desta quinta-feira começam as propagandas eleitorais, outro passo importante para as campanhas dos candidatos.

Faltam menos de 20 dias para as eleições que já é a mais polarizada que o Tocantins já teve.

A disputa está acirrada com todos os candidatos reforçando as movimentações e ainda crescimento da campanha de Mauro Carlesse.

Sua opinião é muito importante: