Com apoio de ministro de Temer, Vicentinho apresenta propostas para agricultura e produtores rurais

(Reprodução)

Brener Nunes – Gazeta do Cerrado

Em vídeo, a coligação É a Vez dos Tocantinenses, do candidato Vicentinho Alves (PR), aponta que ano a ano a agropecuária cresce no Tocantins, mas muitos não sabem que o este segmento poderia crescer mais. Segundo a coligação, mais de 6 mil propriedades no Estado não podem obter financiamento porque estão irregulares. São títulos emitidos pelo Intertins em cima de terras da União e que foram questionadas na Justiça. “Eu vou atuar firmemente para que esses 6 mil títulos sejam convalidados e essas terras sejam regularizadas”, afirmou Vicentinho.

O candidato ainda destaca: “Imagina quantos empregos serão gerados em 6 mil fazendas com financiamento”, disse. Ele ainda conta que já conversou com o secretário Nacional do Programa Terra Legal e que o garantiu total apoio, junto do ministro da Cultura, Blairo Maggi.

Em fala, o ministro afirma que Vicentinho irá implementar no Tocantins o programa Agro Mais, a fim de diminuir a burocracia aos produtores rurais em licenciamentos ambientais, utilizando a tecnologia  para agilizar os processos e preservar o meio ambiente. “Desta forma, vamos acabar com isso de colocar dificuldade no órgão público para vender facilidades”, afirmou.

Nova Adapec e Ruraltins

Vicentinho também comentou que irá aplicar mudanças na Adapec. ” O órgão terá mais autonomia para defender nossa produção. Vamos pagar o Redad em dia e valorizar os nossos profissionais.

O candidato também afirma que o Ruraltins será todo reformulado. “Vamos colocar os técnicos da porteira para dentro da roça, como os carros, computadores, tecnologia e remuneração justa. Vou ajudar os pequenos a conseguir crédito no Basa.

A coligação ainda destaca que Vicentinho irá resgatar a importância das feiras agropecuárias e articular o aumento da oferta de linhas de crédito, descentralizar as palestras e dias de campo da Agrotins, criar a Casa do Produtor, reunindo em um só prédio nas cidades, a Adapec, Ruraltins, Intertins e Naturatins, e fortalecer os assentamentos.

E aos produtores de Lagoa da Confusão, ele reafirma compromisso coma construção da estrada para Barreira da Cruz. “O produtor quer estrada boa, rodovia asfaltada, estrada vicinal com cascalho, ponte e bueiro de concreto, que aguenta carreta de soja e de gado. A gente fazendo isso, o produtor faz a parte dele”, afirma Vicentinho.

O candidato ainda mostra sua fazenda em Pindorama e mostra imagens de sua família, e afirma que fez um financiamento no Banco da Amazônia e destaca que para realizar um financiamento no banco tem que ter o nome limpo, e intima Carlesse. “Eu intimo meu adversário para apresentar sua propriedade e seus funcionários, a sua empresa e o local, porque até agora diz que é empresário, mas não se apresenta como tal.

Finalizando, Vicentinho afirma que é produtor rural e investidor. “Sei os sonhos e as necessidades do produtor rural e do agricultor. Portanto, no Palácio Araguaia o homem do campo terá um governador que é comprometido também com o agronegócio do nosso Estado. Um produtor rural que sonha e pensa como você”, afirma.

Sua opinião é muito importante: