Empresa se recusa e Governo recorre a serviço emergencial para retirar lixo hospitalar amontoado

O Governo do Tocantins agiu rápido, contratou serviço emergencial e já nesta quinta-feira, 02, recolheu todo o lixo hospitalar acumulado nos últimos dias. / Divulgação

Depois que a empresa contratada deixou de recolher o lixo nos hospitais estaduais, descumprindo acordo com Estado, o Governo do Tocantins agiu rápido, contratou serviço emergencial e já nesta quinta-feira, 02, recolheu todo o lixo hospitalar acumulado nos últimos dias. “Determinamos resolver o problema, de forma que os serviços prestados pela Secretaria de Saúde alcancem os objetivos almejados em pouco tempo de gestão”, disse o governador Mauro Carlesse.

O processo licitatório para contratação de nova empresa que irá realizar a coleta do lixo hospitalar nos hospitais estaduais está em fase final, mas o governo garante que os serviços estão garantidos até sua conclusão. O Estado também realizou parte do pagamento para a empresa que presta serviços atualmente e espera que ela faça a coleta do lixo conforme contrato assinado com o Estado.

Sua opinião é muito importante: