Após condenação na Justiça, Energisa diz que é inocente e que vai recorrer

0
28
Cerca de 20 alqueires de pasto foram queimados - Divulgação

A Justiça condenou a Energisa Tocantins a pagar uma indenização no valor de R$ 53 mil para uma fazendeira que mora na zona rural de Aragominas. Segundo as informações do Tribunal de Justiça (TJ-TO), constam nos altos que após o rompimento de um cabo da rede elétrica, de responsabilidade da concessionária, a proprietária perdeu cerca de 20 alqueires de pasto.

Nossa equipe procurou a Energisa Tocantins para que a concessionária pudesse falar um pouco sobre o caso.

Em nota, Energisa disse que acredita em sua inocência e vai recorrer da decisão.

Confira a nota na íntegra

A Energisa Tocantins informa que o laudo apresentado no processo é inconclusivo e que, não houve perícia que reconhecesse a distribuidora como responsável pelo fato. Bem como, não houve nenhuma falha na prestação dos serviços que justifique a condenação. Por isso, a empresa que acredita na sua inocência, irá recorrer da decisão.

Sua opinião é muito importante: