Aposentada morre após fazer cirurgia plástica em Araguaína

0
239
Aposentada morreu após cirurgia plástica (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A funcionária pública aposentada Regina Pereira Melo, de 63 anos, morreu nesta quinta-feira (9) após fazer uma cirurgia plástica em Araguaína. O procedimento foi na última segunda-feira (6) em um hospital particular e estava internada desde então. O laudo médico aponta que a morte foi por ‘falência múltipla dos órgãos’.

O médico que fez a cirurgia, Celso Eulálio, diz que todos os exames necessários foram feitos e que Regina não era uma paciente de risco. “Nós fizemos todos os exames pré-operatórios que são necessários e a saúde dela era perfeita. A única patologia que ela tinha, em tratamento, era uma hipertensão arterial, mas o próprio cardiologista dela fez a avaliação do risco pré-operatório e liberou a paciente para a cirurgia. O risco dela era o mínimo possível”.

O procedimento a que ela se submeteu é conhecido como abdominoplastia. O objetivo é retirar o excesso de gordura e pele do abdômen, reduzindo a flacidez da barriga. A cirurgia durou cerca de cinco horas e ela acordou no mesmo dia. No dia seguinte, começou a sentir falta de ar.

O médico diz que quando ela começou a apresentar problemas, durante o pós-operatório, outra cirurgia foi realizada. “Nós abrimos a cavidade abdominal dela para encontrar alguma coisa e simplesmente não encontramos nada. Então não houve nada que justificasse essa evolução dela”.

A família da paciente não quis falar sobre o caso durante o velório dela. A Polícia Civil informou que está investigando o caso e que já ouviu o médico e algumas testemunhas. O prontuário da paciente foi solicitado ao hospital onde a cirurgia foi feita.

Fonte: G1 Tocantins

Sua opinião é muito importante: