Falta de água suspende aulas e fecha comércio em cidade do Tocantins: ” é o caos”, diz vereador

Maria José Cotrim

Os moradores do município de Porto Alegre do Tocantins, no Sudeste do Estado, sofre com a falta de água nas torneiras em todos os bairros e locais da cidade. O vereador do município, Marcos Vinícius, conhecido como Marquim de Lizeu (PSB), afirmou á Gazeta do Cerrado que o caos é geral. “Está um caos aqui por causa da falta de água”, disse.

“Desde sexta.. aqui são dois postos, a empresa responsável é a ATS, daí queimou uma bomba em um dos poços daí ficou operando só com um”, explicou. Segundo ele, a segunda bomba também queimou e por isso a situação chegou no limite com a suspensão total do serviço de água.

A falta de água afetou as aulas nas escolas do município que só voltarão quando o problema for resolvido. “Está um transtorno geral”, comentou o parlamentar.

Ele afirmou que foi até a ATS e que foi informado que há um débito com a empresa que faz a manutenção dos poços. ” Como que deixa de pagar uma empresa que faz a manutenção da água?”, disse. A falta de água afeta também o comércio e inclusive a única padaria da cidade deve fechar em razão do impasse. Comerciantes reclamam da situação em vários grupos de redes sociais.

A previsão para normalizar o fornecimento é nesta terça-feira, 21.

O prefeito da cidade, Renan Cerqueira (PR) foi procurado pelos vereadores para intermediar junto ao governo a resolução do impasse.

O outro lado

A Gazeta pediu informações á ATS sobre o impasse e a previsão de resolver o problema na cidade.

Sua opinião é muito importante: