Programa Jovens Embaixadores: 11 alunos do Tocantins concorrem a uma vaga

A estudante Dara e Guilherme Gandara – pessoas que participaram do Programa Jovem Embaixador (Foto: Elias Oliveira/Governo do Tocantins)

Acontece nesta quinta-feira, 27, em Palmas, a prova oral para os estudantes inscritos no Programa Jovens Embaixadores edição 2019. Desta vez, estão participando 11 alunos, que concorrem a uma vaga de jovem embaixador.

São eles: Ana Gabriella Alves Guerra e Giovanna Lucialda Veras de Melo, do Colégio Pré-Universitário, de Araguaína; João Vitor Ribeiro Lima, do Colégio Estadual Professora Ranulfa, de Aurora do Tocantins; Ana Sofia Araújo Silva, do Colégio João D’ Abreu, de Dianópolis; Lucas Guimarães de Menezes, do Centro de Ensino Médio de Gurupi; Morgana Bezerra de Sousa, do Centro de Ensino Médio Bom Jesus, ambos de Gurupi; Lucas Mota Reis, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Ana Clara de Melo Damas, do Colégio Estadual São José, em Palmas; Rafael Aguiar Moraes e Thatiellen Almeida Ribeiro do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, localizado na cidade de Paraíso. E por último, Sarah Raquel Franco da Silva, da Escola Dom Orione, de Tocantinópolis.

No período da manhã, os alunos participarão de conversas, dinâmicas e de palestras, como forma de promover a integração entre os estudantes e um momento de descontração. A primeira programação acontecerá no Colégio Estadual São José, em Palmas.

Neste momento, estarão presentes os jovens embaixadores Guilherme Gandara, vencedor da edição de 2017 e Maria Carolina Azevedo, vencedora da edição de 2018. E o jovem Eros Silvian Borges, semifinalista da edição 2018.

A prova será realizada no Centro de Línguas, a partir das 13 horas. Desses alunos, a Secretaria da Educação, Juventude e Esportes selecionará dois ou três alunos e enviará a lista para a Embaixada Americana. Esta é responsável pela seleção final do jovem embaixador.

O estudante vencedor participará em janeiro de 2019, de um intercâmbio nos Estados Unidos, com visita a Washington, para conhecer pontos turísticos, históricos e setores públicos. Na segunda semana, os alunos se dividem em grupos para visitar diferentes estados americanos.

Os alunos finalistas que não for classificado como jovem embaixador, participará do curso English Immersion Program, em Brasília.

Critérios

A coordenadora estadual do programa, Maria da Conceição Ranke, explicou que este ano o Tocantins registrou 185 inscritos; desses, 24 foram selecionados para a prova escrita e 11 estão na prova oral.

Para participar do programa Jovens Embaixadores, os alunos devem ter entre 15 a 18 anos, estar cursando o ensino médio em escola pública, ter excelente desempenho escolar, apresentar bom nível de domínio em inglês e realizar algum trabalho voluntário.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Seduc

Sua opinião é muito importante: