Lavagem de roupa suja no palanque: Halum desbafa sobre falta de apoio de Dimas: “na hora de pedir recursos não teve problema político”

Maria Jose Cotrim

O candidato ao Senado, Cesar Halum desabafou no palanque do último comicio em Araguaína onde esteve também o prefeito da cidade, Ronaldo Dimas que não o apoia para o Senado.

Tudo começou quando Dimas disse que não apoiou Halum por problemas políticos.

Halum alfinetou dizendo que não adianta dizer que não o apoiou por problemas políticos e neste sentido citou vários apoiadores que são de outros partidos como os deputados Elenil da Penha e Jorge Frederico, por exemplo. O próprio vice, Fraudineis também apoia Halum.

“O projeto não é do Cesar Halum, é de Araguaína”, disse Halum ao se comprometer a lutar pelas bandeiras da cidade assim como de todo Estado. Ele disse ainda que a cidade precisa ter um representante no Senado.

“Quando trabalhamos para eleger um deputado de Gurupi corremos o risco de ter dois senadores de Gurupi e nenhum de Araguaína”, disse.

Ele ainda alfinetou: ” na hora de pedir recursos não teve problema político”.

Dimas chegou a ir para a parte de trás do palanque na hora da fala de Halum e o clima ficou estranho.

Halum, por sua vez, falou em número de votos em algumas cidades e disse que terá mais de 200 mil votos. ” Eu vou para as cabeças junto com Eduardo Gomes”, disse ao condenar algumas pesquisas.

Halum chegou pedir desculpas pelo desabafo público e disse que não é ele quem tem que dar explicações.

No palanque estavam as maiores lideranças políticas de Araguaína.

Sua opinião é muito importante: