Balsa em Porto Nacional: só falta licença ambiental para Pipes começar a operar

Divulgação - internet

Vitória Soares – Gazeta do Cerrado 

Mesmo com autorização do Governador Mauro Carlesse, ainda na primeira metade do ano, a balsa que deveria transportar veículos pesados no trecho que liga o município de Porto Nacional e a BR – 153 ainda não começou a operar.

O inicio da utilização da balsa aguarda a liberação ambiental, enquanto isso, os automóveis que excedem o peso informado no decreto continuam trafegando com uma distância superior aos demais.

Entenda o caso

O problema teve inicio ainda no ano de 2011, quando a ponte sobre o Rio Tocantins foi interditada para veículos com carga superior a 30 toneladas devido aos riscos apresentados pela sua estrutura comprometida.

Com a interdição, os veículos pesados que precisam chegar à Palmas passaram a trafegar por Paraíso do Tocantins, o que aumenta cerca de 100 km em seu percurso.

Em 2014, houve uma licitação no valor de R$ 101.328.272,57, com a assinatura para ordem de serviço no local, a solenidade contou com a presença do ex-governador Marcelo Miranda, entretanto, o caso não foi solucionado.

A autorização para a implantação de uma balsa foi autorizada pelo atual governador Mauro Carlesse nos primeiros meses deste ano, mas ela ainda não entrou começou a operar.

A equipe da Gazeta do Cerrado entrou em contato com a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), que informou em nota que o serviço já foi acertado com uma empresa terceirizada, entretanto, o inicio da operação aguarda liberação das licenças ambientais.

Confira a nota na íntegra

 

O Governo do Estado do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), informa que o serviço da balsa já foi acertado com a empresa Pipes (concessão de serviço terceirizado) e que para iniciar a operação a empresa está aguardando somente a liberação das licenças ambientais. Quanto ao valor cobrado a empresa Pipes é quem definirá conforme a legislação vigente sobre a prestação desse tipo de serviço.

Sua opinião é muito importante: