O que propõem os candidatos à presidencia da OAB: compare aqui!

0
81
OAB-Tocantins - Reprodução Google Imagens

Rogério Tortola- Gazeta do Cerrado

As principais propostas das três chapas que estão na disputa da pela presidência da trazem alguns pontos convergentes.

Todos concordam que é preciso garantir as prerrogativas dos advogados. Para a classe, estes direitos não são respeitados em muitas situações durante a atuação dos advogados. O que pode impedir a ampla defesa dos clientes/assistidos.

A maioria destes casos ocorre durante a relação com os magistrados.

– Chapa OAB Proativa
• Valorização e defesa da advocacia
• Interiorização estrutural da oab
• Demandas da mulher advogada
• Suporte para a advocacia militante
• Preparação da advocacia para uma nova realidade profissional

As propostas podem ser conferidas na íntegra aqui ou site www.oabproativa20.com.br

O candidato Célio Henrique Magalhães Rocha, conversou a Gazeta e destacou ainda a pluralidade da chapa.

“A nossa chapa tem uma composição representativa de todos os segmentos da advocacia, tanto da privada quanto da pública, da advocacia mais antiga, que chamamos de advocacia plena. As mulheres tem representação como nenhum outro grupo tem, tanto em quantidade, como também ocupam cargos chaves da chapa, por isso nos sentimos mais habilitados em representar toda a advocacia”, finaliza o candidato.

– Chapa OAB Independente

A chapa que tem Gedeoan Pintaluga à frente publicou suas propostas por meio de um manifesto:

• A advocacia tocantinense terá uma OAB Independente de partidos políticos, do Ministério Público e da magistratura.

• Toda violação das prerrogativas da advocacia será enfrentada efetivamente com o vigor e a altivez, com medidas administrativas no Conselho Nacional de Justiça, Conselho Nacional do Ministério Público e demais orgãos correcionais.

• A anuidade deixará de ser uma das mais onerosas do Brasil. Não haverá aumento durante os três anos de gestão independente e aplicaremos a proporcionalidade temporal nas cobranças das anuidades.

• Os advogados em início de carreira terão forte apoio da OAB. Haverá descontos de pagamento de anuidade nos cinco primeiros anos de inscrição, reduzindo os valores atuais significativamente.

• Pretende ainda fortalecer a qualificar a Escola Superior da Advocacia.

Gedeon ainda ressaltou que a escolha de seu nome foi por meio de uma deliberação em uma reunião aberta.

“É uma questão de representação, a forma como meu nome foi escolhido foi em reunião abeta por deliberação, acredito na importância da alternância de poder e ressalto que é essencial uma OAB independente de grupos e partidos políticos”, conclui o candidato.
As propostas/manifesto completos podem ser acessadas aqui ou no site www.oabindependente.com.br

– Chapa Advocacia Unida e OAB Respeitada

Tendo como candidato a presidente Juvenal Klayber traz como principais bandiras os seguintes temas:

• Devolver à advocacia o respeito junto às instituições e a sociedade, com uma ordem unida.
• Fortalecer a defesa das prerrogativas em todo o estado.
• fazer uma gestão profissional, eficiente e transparente da ordem.
• Levar a oab-to para mais perto da advocacia do interior.
Iintensificar e valorizar a participação da mulher advogada.
• Apoiar, orientar e incentivar a jovem advocacia.
• Tornar a CAATO ainda mais presente e atuante para a qualidade de vida da advocacia.
• Fortalecer a ESA como um instrumento constante de qualificação da advocacia.

A Gazeta do Cerrado também conversou com o candidato Juvenal Klayber, ele destacou o cuidado que a escolha do seu nome ocorreu após um longo debate que durou cerca de seis meses. Ele ainda ressaltou o equilíbrio na formação da chapa.

“A nossa chapa foi feita de forma equilibrada, existe um equilíbrio de forças, nos temos advogados, plenos, seniors, temos a jovem advocacia, todos participando de fato, tendo voz. Somos a única chapa que respeitou a equivalência, com representações de todas as regiões do Estado. Temos profissionais do sudeste, centro, sul e norte”, lembra o candidato.

Confira mais detalhes das propostas da chapa aqui ou nas redes sociais do candidato.

O que esperam os advogados do futuro presidente

A Gazeta do Cerrado buscou ouvir alguns advogados e suas expectativas em relação ao futuro presidente. As respostas foram diversas e muitas vezes divergentes.

A Profª Drª Naima Worm questiona o espaço secundário que é dado à mulher na entidade e gostaria de ver mudanças neste sentido.

”Todas as chapas tem mulher como vice, não é que não é dado espaço para mulher se candidatar, mas a categoria profissional não votaria numa mulher para presidente, isso mostra que alguns espaços ainda estão marcados por um machismo muito grande, a eleição da OAB-TO reflete uma preocupação nacional”, pondera Drª Naima.

Já o advogado Paulo Roberto da Silva, critica o envolvimento político, para a entidade precisa ser independente e primeiramente zelar pelas prerrogativas do advogado.
“Espero que o no presidente zele pelas prerrogativas dos advogados, pela defesa da classe em primeiro lugar, sem politica partidária“.

O Advogado Jorge Zagallo também espera que os direitos e prerrogativas dos advogados estejam em primeiro plano.

“Espero uma gestão mais voltada para a classe”, diz Zagallo.

Contrapondo as opiniões o advogado Frederico Herrera, acredita que o papel da entidade é deve ser o de apoiar a população.

“Apesar de sermos uma instituição de cunho particular, temos uma função social muito grande, claro que as prerrogativas dos advogados precisam ser garantidas, mas é preciso antes de tudo estar de portas abertas para população, principalmente para as minorias”, defende Herrera.

A pluralidade de ideias nos leva a crer que o novo presidente vai precisar ser polivalente para atender a todas as expectativas.

Sua opinião é muito importante: