Balé Popular do Tocantins inicia apresentações de fim de ano

Espetáculos envolverão diversas modalidades de danças (foto - Oswaldo Neto)

O resultado do trabalho desenvolvido pelo Balé Popular do Tocantins e todo o talento dos bailarinos da companhia poderão ser apreciados pelo público da Capital em três espetáculos de fim de ano. O primeiro evento acontece nos dias 16 a 17 de novembro, no teatro do SESC Palmas. Até o dia 9 de dezembro serão 16 apresentações dos espetáculos “Cidade dos Porquês”, “Memórias” e “Clássico dos Clássicos” que envolverão as modalidades ballet clássico, jazz, danças urbanas e dança contemporânea.

Cerca de 400 integrantes participarão das mostras que visam difundir a dança no Estado.

O processo criativo dos espetáculos, bem como o desenvolvimento do projeto, é coordenado pelo bailarino Jefferson Marques e os professores Gyorgia Justy, Cristiane Freire, Nathálie Alves, Diego Neves, Fernando Faleiro e Vanessa Sousa, Waldenicy Souza e Dennis Rodrigues.

O projeto do Governo do Estado, realizado pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), oferece aulas gratuitas de dança a crianças, adolescentes e jovens da Capital. A iniciativa visa identificar, formar e valorizar talentos, além de fomentar a dança no Estado. O Balé Popular do Tocantins conta com cinco polos: Escola Estadual Elizângela Glória Ribeiro, Escola Colégio da Polícia Militar de Palmas, na Escola Estadual Rachel de Queiroz, Frederico Pedreira e na Escola Estadual de Tempo Integral Vila União.  A companhia representa o Estado em eventos, festivais e mostras pelo País.

Conforme o coordenador, a intenção dos espetáculos de fim de ano é difundir a dança entre o público tocantinense, despertando nos estudantes o interesse pela arte, além de mostrar à comunidade o saldo do projeto. “Além de fomentar a arte em nosso Estado oferecendo aulas e apresentações artísticas de qualidade, por meio dos eventos, o projeto colabora ainda para a formação integral dos alunos, visto que, por meio da dança, são desenvolvidos vários aspectos como a consciência corporal, a ritmicidade, o relacionamento coletivo e o interesse pelas artes e a cultura”, pontuou.

O projeto atende cerca de 400 estudantes da Capital – Divulgação Seduc

Cidade dos Porquês

A Cidade dos Porquês será exibido nos dias 16 e 17 de novembro, no teatro Sesc. Dia 16, a apresentação será às 19h30. Já no dia 17, serão duas sessões, às 18h30 e 20h30. A mostra será reapresentada nas unidades de ensino, para a comunidade escolar, nas seguintes datas: 22 de novembro, na Escola Vila União e Colégio Frederico Pedreira; e 30 de novembro, na Escola Rachel de Queiroz.

O espetáculo tem como inspiração para as criações coreográficas perguntas e questionamentos cotidianos. Através das modalidades do Balé Clássico, Jazz Dance, Dança Contemporânea e das Danças Urbanas, a companhia se propõe a transformar perguntas e respostas em movimento expressivo. Participarão os bailarinos dos polos dos Colégios Estaduais Rachel de Queiroz, Frederico Pedreira e Vila União.

Memórias

O espetáculo Memórias será apresentado nos dias 2 e 6, de dezembro, também no teatro Sesc de Palmas, em duas sessões diárias, às 18h30 e 20h30. Os ingressos serão trocados por um quilo de alimento não perecível, na portaria do evento. No dia 5, o evento será realizado na Escola Elisângela Glória Cardoso, para a comunidade escolar.

Resultado das propostas pedagógicas desenvolvidas em 2018, no polo da Escola Elisângela Glória Cardoso, a mostra “Memória” envolverá cerca de 150 integrantes.  Embalados por um repertório musical envolvente, com diversas modalidades de dança, os bailarinos levarão ao palco as memórias e momento marcantes na vida das pessoas.

Clássico dos Clássicos

A mostra “Clássico dos Clássicos” será exibida de 7 a 9 de dezembro, no Teatro Sesc de Palmas. Dia 7, a apresentação será às 19h30. Já nos dias 8 e 9, serão duas sessões, às 18h30 e 20h30. No dia 30, o evento acontece no Colégio da Polícia Militar, exclusivamente para os estudantes e familiares, além dos servidores da unidade escolar.

Com cerca de 120 alunos, o espetáculo foi inspirado nos famosos musicais da Broadway. O público será convidado a viajar numa mistura cênica de contos, história, música e dança. “O Clássico dos Clássicos” terá diferentes interpretações e promete surpreender o público.

Bilheteria solidária

Os ingressos para os espetáculos podem ser adquiridos no local do evento em troca de um quilo de alimento não perecível. Os gêneros alimentícios arrecadados serão organizados em cestas básicas e distribuídos pelos bailarinos às famílias carentes da Capital.

O resultado do projeto será exibido em 16 apresentações de final de ano – Divulgação Seduc

Sua opinião é muito importante: