Combate ao crime: delegacia é inaugurada em Santa Fé

Autoridades locais e estaduais prestigiam nova delegacia de Polícia Civil em Santa Fé do Araguaia - FOTO Wherbert Araújo Ascom SSP

Com o objetivo de combater a criminalidade e garantir a sensação de segurança da população tocantinense, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) inaugurou nesta terça-feira,13, a Delegacia de Polícia de Santa Fé do Araguaia, município localizado na região Norte do Estado. A solenidade contou com a presença autoridades locais, de municípios vizinhos e diretores da SSP.

De acordo com o prefeito municipal Oídio Gonçalves de Oliveira, a inauguração da delegacia reforça a sensação de segurança dos moradores do município, como também otimiza a realização de procedimentos de menor grau. “Antigamente, se o cidadão perdesse um documento, precisava realizar o Boletim de Ocorrência em Araguaína. Com a parceria, a Secretaria Estadual da Segurança e a Prefeitura Municipal entregam este grande benefício para a nossa comunidade”, afirmou.

Já para Alessandro Gonçalves Borges, prefeito municipal de Muricilândia, cidade vizinha, a chegada da unidade policial para a região vai promover uma maior união das forças de segurança. “Já contávamos com a Polícia Militar, agora a Polícia Civil vai manter a nossa comunidade tranquila e afastar daqui pessoas que não queiram viver em paz”, afirmou.

Fortalecimento

Contando com atendimento policial nos 139 municípios tocantinenses, divididos em 13 regionais, nos últimos dois anos a Polícia Civil já inaugurou mais de 30 novas delegacias, algumas delas especializadas. De acordo com o subsecretário da Segurança Pública, Wlademir Costa Mota Oliveira, os investimentos na Polícia Civil reforçam a preocupação da SSP em promover a segurança do cidadão tocantinense. “Além de inaugurar novas unidades policiais, estamos estreitando o diálogo com os demais colegas policiais em todas as regiões do Estado para promover o alinhamento de discurso e também fortalecer as ações da Polícia Civil em todos os municípios tocantinenses”, afirmou.

Sua opinião é muito importante: