Dorinha discute com futuro ministro Onyx fusão de ministérios e está confiante em diálogo com novo governo

Deputada se reuniu com representante da equipe de transição de governo - Foto - Rafael Carvalho

A deputada federal Professora Dorinha (Democratas/TO) se reuniu com o ministro extraordinário, Onyx Lorenzoni (Democratas/RS), coordenador do governo de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Como vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, a parlamentar reforçou a disposição da Comissão em discutir a área da educação com a nova gestão. O encontro aconteceu na tarde da última segunda-feira, 12.

A possível fusão dos Ministérios da Educação, Cultura e Esporte e a migração da gestão do ensino superior para o Ministério da Ciência e Tecnologia foram os principais assuntos. As propostas para a educação apresentadas até o momento pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, estão entre os principais temas debatidos pela Comissão de Educação nas últimas semanas.

Para a deputada Dorinha o ministro demostrou abertura para ouvir as sugestões da Comissão. “Uma das nossas principais preocupações era a mudança na gestão do ensino superior que já havia sido anunciada pelo novo presidente. Na reunião foi possível discutirmos tecnicamente o assunto e saímos de lá com o compromisso de que o ensino superior continuará sob a gestão do MEC”.

Dorinha avaliou positivamente a reunião e está confiante no diálogo com o novo governo. “Foi uma excelente reunião, onde em nome da comissão manifestei o desejo de colaborar com a equipe de transição para que a nova estrutura venha ao encontro daquilo que será promissor para a nossa educação”, destacou a deputada.

Projetos

A deputada Professora Dorinha é autora de importantes projetos na área da educação em tramitação no Congresso Nacional. A parlamentar também é relatora de diversas proposições, entre elas se destaca a Proposta de Emenda Constitucional nº 15/15, que torna permanente o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb.

Sua opinião é muito importante: