Após discussão acalorada, assessoria de Stalin diz que não resta mágoa que atrapalhe relação com Elenil

0
83
Discussão aconteceu nesta quinta-feira, na AL - Divulgação

O deputado estadual Stalin Bucar (PR) e o colega Elenil da Penha (MDB) tiveram um forte discussão, após Bucar denunciar na tribuna, nesta quinta-feira, 6, o fechamento do Centro de Ensino Médio Castro Alves, em Miranorte. Stalin Bucar pediu a intervenção do Ministério Público visando a manutenção das atividade educacionais da escola, quando teve sua opinião rebatida com violência pelo parlamentar iniciando grave atrito entre os dois.

O deputado Stalin Bucar seguiu seu discurso apontando uma série de problemas enfrentados pela população de Miranorte como fechamento do aeroporto, falta de segurança, entre outros e o deputado Elenil continuou rebatendo as críticas. O parlamentar já havia, na sessão anterior,   proferido  comentário maldoso, fora dos registros oficiais, sobre o irmão do deputado Stalin, Rejânio Gomes Bucar, que está há dois anos desaparecido, situação que vem trazendo muito dor e sofrimento à família.

O comentário, considerado ofensivo pelo deputado, o fez agir motivado por forte emoção, já que a discussão saiu do debate político, partindo para o cunho pessoal, não se dando em virtude de divergências político-partidárias.

A situação, no entanto, foi contornada, não restando mágoa que possa atrapalhar a boa relação que os dois sempre tiveram. O deputado Stalin Bucar sempre foi um admirador da atuação do parlamentar Elenil da Penha e de sua postura diante da tribuna, que a seu ver, é um dos mais atuantes do parlamento tocantinense.

Na ocasião, a intervenção da presidenta da Casa, Luana Ribeiro, bem como, dos demais parlamentares presentes, foi preponderante para que a situação fosse contornada, e os trabalhos tivessem continuidade.

O deputado estadual Stalin Bucar (PR) e o colega Elenil da Penha (MDB) tiveram um forte discussão, após Bucar denunciar na tribuna, nesta quinta-feira, 6, o fechamento do Centro de Ensino Médio Castro Alves, em Miranorte. Stalin Bucar pediu a intervenção do Ministério Público visando a manutenção das atividade educacionais da escola, quando teve sua opinião rebatida com violência pelo parlamentar iniciando grave atrito entre os dois.

O deputado Stalin Bucar seguiu seu discurso apontando uma série de problemas enfrentados pela população de Miranorte como fechamento do aeroporto, falta de segurança, entre outros e o deputado Elenil continuou rebatendo as críticas. O parlamentar já havia, na sessão anterior,   proferido  comentário maldoso, fora dos registros oficiais, sobre o irmão do deputado Stalin, Rejânio Gomes Bucar, que está há dois anos desaparecido, situação que vem trazendo muito dor e sofrimento à família.

O comentário, considerado ofensivo pelo deputado, o fez agir motivado por forte emoção, já que a discussão saiu do debate político, partindo para o cunho pessoal, não se dando em virtude de divergências político-partidárias.

A situação, no entanto, foi contornada, não restando mágoa que possa atrapalhar a boa relação que os dois sempre tiveram. O deputado Stalin Bucar sempre foi um admirador da atuação do parlamentar Elenil da Penha e de sua postura diante da tribuna, que a seu ver, é um dos mais atuantes do parlamento tocantinense.

Na ocasião, a intervenção da presidenta da Casa, Luana Ribeiro, bem como, dos demais parlamentares presentes, foi preponderante para que a situação fosse contornada, e os trabalhos tivessem continuidade.

Sua opinião é muito importante: