Deputados se estranham em plenário com direito a xingamentos e até crise de choro; seguranças precisaram intervir

0
300
Foto: Divulgação

Os deputados estaduais Stalin Bucar e Elenil da Penha trocaram ofensas nesta quinta-feira, 06, no Plenário da Assembleia Legislativa.

A discussão teria começado após Bucar criticar o prefeito de Miranorte, Carlinhos da Nacional, em um pronunciamento. Elenil teria defendido o prefeito, e feito um comentário posteriormente que desagradou Stalin, que levantou e começou a proferir xingamentos contra Elenil. Bucar teve que ser contido inclusive pelos seguranças da Casa.

Logo após a discussão, Bucar fez um pronunciamento afirmando que o caso de seu irmão, Rejanio Gomes Bucar, que está desaparecido desde dezembro de 2016, foi citado na discussão.

Antes de terminar o discurso, Stalin teve uma crise de choro. A sessão foi interrompida e alguns deputados acompanharam Stalin até a Sala de Reuniões da Assembleia.

Ao retornar a Sessão, Elenil pediu a presidente da AL, Luana Ribeiro, providências contra ameaças que teria sido dirigidas a ele.

A parlamentar pediu para que os ânimos fossem acalmados e tempo para que a situação seja resolvida.

O deputado Stalin teria chamado o colega de “Filho da puta” e até de “viadinho”.

Sua opinião é muito importante: