Maus-tratos: Agressor joga tinta vermelha em cadela para disfarçar ferimentos

0
111
Cadela foi agredida com marteladas na cabeça - Foto - Talita Portilho

Uma cadela que estava sofrendo maus-tratos foi resgatada por uma estudante, em Lajeado, região central do Tocantins, nesta quinta-feira, 6. Conforme a polícia, o suspeito de cometer o crime, teria confessado que deu marretadas na cabeça do animal e depois jogou tinta vermelha na cadela para disfarçar os ferimentos.

O animal que está em estado grave, foi atendido mas precisou ser encaminhado para uma clínica veterinária em Palmas.

A estudante Talita Portilho é vizinha do suspeito de agredir a cadela. Ela foi até a casa do agressor depois de ouvir os gritos do animal. Talita denunciou os maus-tratos e depois de ameçar chamar a polícia, o senhor de 55 anos jogou tinta vermelha na cadela.

“Ela estava sangrando muito no nariz e na boca. Metade do olho ficou para fora e ela não consegue andar. Pode ficar com sequelas”.

Após os procedimentos, o agressor disse para a polícia que estava embriagado e se arrependeu de ter espancado a cadela. Ele foi encaminhado para uma Delegacia de Miranorte e vai responder o processo em liberdade.

*Com informações do G1

Sua opinião é muito importante: