Balanço Gazeta: Ronaldo Dimas avalia 2018 e prevê o maior volume de investimentos em 2019 para Araguaína

Ronaldo Dimas, Prefeito de Araguaína - Divulgação

Texto – Rogério Tortola- Gazeta do Cerrado
Edição – Maju Cotrim – Editora Chefe Gazeta do Cerrado

Final de ano chegou e com ele a necessidade de se refletir sobre o que passou e o quem vem por aí. Partindo deste princípio a Gazeta do Cerrado foi ouvir os prefeitos das principais cidades do Tocantins.

Nesta primeira reportagem trazemos uma entrevista com o gestor de Araguaína, Ronaldo Dimas.

2018

Para o gestor, 2018 foi um ano de muitos desafios. A troca de governo e as eleições provocaram uma descontinuidade na gestão o que segundo Dimas, impactou nos municípios.

Em Araguaína não foi diferente, mas o prefeito destaca que mesmo com as dificuldades, conseguiu ampliar a rede de esgoto, a pavimentação asfáltica e melhorar a mobilidade urbana, de um modo geral disse ter avançado na questão de infraestrutura.

“O cinto foi muito apertado este ano, tivemos que eleger prioridades”, disse Ronaldo Dimas à Gazeta.

Em busca de recursos

Para o prefeito da segunda maior cidade do Tocantins, o ano ainda não acabou. Ronaldo Dimas está em Brasília em busca de recursos para o município.

“Amanhã temos três reuniões importantes, uma é para consolidar e já finalizar um contrato com a Cooperação Andina de Fomentos (CAF). É um projeto de U$ 68 milhões (sessenta e oito milhões de dólares), dos quais U$ 55 milhões (cinquenta e cinco milhões de dólares) são provenientes da CAF”.

Dimas ainda tem uma reunião para tratar do novo projeto do aeroporto do município, outra obra prevista para 2019.

Destacou que para o próximo ano mais de R$ 400 milhões devem ser investidos na infraestrutura de Araguaína.

“2019 vai ser o ano que devemos ter o maior volume financeiro aplicado na infraestrutura na cidade”, ressaltou o gestor.

Redução de pessoal

Mesmo com as melhoras nos investimentos, Dimas lembrou que vai ser necessário pequenos cortes de pessoal, pois ele acredita que os repasses federal e estadual devem continuar escassos.

Disse não ser nada drástico, pois o município já trabalha com uma folha enxuta, mas alguns cortes vão ser necessários.

Politicamente

O prefeito teve um saldo positivo eleitoral: conseguiu ajudar a eleger o filho, o federal mais votado Tiago Dimas além do governador Mauro Carlesse e dos dois Senadores que apoiou: Eduardo Gomes e Irajá Abreu.

Foi o ano também em que ele lançou o nome para concorrer ao governo mas adiou os planos. Aliados dizem que a chama de Dimas para a próxima disputa estadual segue acesa.

Dimas segue bem articulado politicamente com os pés no presente e olho no futuro.

Sua opinião é muito importante: