Acidentes caem 20% nas rodovias federais do Tocantins durante período de ano novo

Foto: Divulgação PRF

Foram registrados 8 acidentes durante período de Ano Novo nas rodovias federais que cortam o Tocantins. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o número é 20% menor que o do ano anterior, quando foram registrados 10 acidentes nesse período.

Apesar da queda no número de acidentes, as infrações aumentaram 169% em relação ao período anterior. O registro foi de 398 autos de infrações contra 148 autos na operação anterior.

A infração mais observada foi a ultrapassagem irregular, 67 condutores foram flagrados cometendo essa infração, número 139% maior que no mesmo período da operação anterior – quando 28 flagrantes foram contabilizados.

Observou-se ainda um aumento no número de pessoas flagradas dirigindo embriagadas, foram 10 condutores que conduziam seu veículo após ingerir bebida alcoólica número 900% maior que no último período de réveillon, quando apenas 1 condutor fora flagrado nesta circunstância.

 

 

Foi observada uma queda no número de vítimas fatais, na operação que se encerrou não foi registrado nenhum acidente com vítima fatal, enquanto na operação do ano anterior o número foi de 2 óbitos.

Ainda com base no comparativo, o número de pessoas feridas aumentou de 11 para 13 pessoas.

 

 

Rodovida

Criada em 2011, a Operação Rodovida é uma ação do governo federal, comandada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da PRF, com apoio da Presidência da República, Casa Civil e dos ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes.

Acontecendo em período de maior fluxo rodoviário (comemorações de final de ano, férias escolares de janeiro e Carnaval), época em que milhões de brasileiros pegam a estrada, com aumento de fluxo de veículos em praticamente todas as regiões do Brasil, a Rodovida prioriza ações integradas e simultâneas, envolvendo diversas agências de fiscalização, com atuação coordenada e sistêmica, dentro dos respectivos eixos de competência, com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes.

Em paralelo às ações de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal e instituições de segurança pública, os ministérios da Justiça, das Cidades, dos Transportes e da Saúde promoverão companhas publicitárias de conscientização em todo o Brasil. A primeira fase da operação seguirá até 31 de janeiro e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.

Sua opinião é muito importante: