Forças de segurança do Tocantins apostam em execução integrada nas ações

Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 17, na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), em Palmas, a primeira de uma série de reuniões entre integrantes das forças de segurança do Estado do Tocantins, objetivando o planejamento e a execução integrada de ações na área de Segurança Pública.

No encontro, o secretário Cristiano Barbosa Sampaio, titular da SSP, recebeu o delegado-geral da Polícia Civil, Rossílio de Sousa Correia, e os
comandantes-gerais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, coronéis Jaizon Veras Barbosa e Reginaldo Leandro da Silva,
respectivamente. O anfitrião do evento fez-se acompanhado, ainda, de membros da diretoria da instituição, entre eles o diretor de inteligência e
estratégia, delegado Ênio Walcacer de Oliveira Filho; a diretora de polícia do interior, delegada Raimunda Bezerra de Souza; e o diretor de polícia da
Capital, delegado Raimundo Cláudio Batista de Paula.

Para o secretário da Segurança Pública, a integração entre as instituições propiciará o fortalecimento da gestão em segurança, com reflexos na
qualidade de vida do cidadão local. E completou: “Nossa proposta é que os encontros sejam realizados semanalmente, aproximando as instituições de segurança pública, com o alinhamento de estratégias e ampliação da efetividade das ações”, ressaltou Cristiano Sampaio.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar frisou, ainda, a importância do encontro para sua instituição, que também tem a incolumidade
da vida como um de seus objetivos fundamentais: “A manutenção da vida envolve o trabalho de todas as forças de segurança e a gestão integrada é
extremamente importante para que os fatos que possam levar a sua violação ou lesão à integridade das pessoas, como crimes e acidentes de trânsito,
tenham sua incidência reduzida”, disse Reginaldo Leandro.

A troca de informações entre as Polícias Civil e Militar, aprimorando os serviços de inteligência e estratégia dos órgãos de segurança estaduais,
também foi pautada nas discussões iniciais entre as pastas:  “As reuniões revelam a integração entre as Polícias no Estado, buscando o planejamento e execução políticas publicas na área de segurança, em especial na prevenção e repressão de organizações criminosas. Essa integração, com trocas de informações entre as forças de segurança são extremamente importantes e a sociedade é a principal beneficiada”, ressaltou o delegado-geral, Rossílio Correia.

A fala do titular da Polícia Civil foi seguida pelo comandante-geral da Polícia Militar: “A reunião voltou-se para a integração, já existente,
entre as instituições, com o compartilhamento de informações para subsidiar ações que buscam atender aos anseios da sociedade, afinal também somos clientes da Segurança Pública e temos tudo para ofertar uma nova cara a esta área no Tocantins”, destacou Jaizon Veras.

Sua opinião é muito importante: