Nova representação no Senado: O que esperar dos novos senadores do Tocantins?

0
224
Senadores Eduardo Gomes e Irajá Abreu

Especial Gazeta do Cerrado

No dia primeiro de fevereiro os parlamentares eleitos em âmbito federal tomam posse para uma nova legislatura.

A Gazeta do Cerrado preparou um breve perfil, com algumas curiosidades sobre os representantes tocantinenses que vão assumir no Senado Federal.

No Senado, o Tocantins terá dois estreantes, Eduardo Gomes (SD) e Irajá Abreu (PSD), um tem uma vasta experiência parlamentar e o outro assume com o discurso da renovação.

– Eduardo Gomes (SD)

Senador Eduadro Gomes – Divulgação

Filho de José Gomes Sobrinho, considerado um dos maiores poetas do Tocantins e chamado de precursor da cultura do Estado, Eduardo Gomes tem 52 anos.

Começou sua vida profissional como professor de educação física em Araguaína, participou da luta pela criação do Tocantins e ocupou cargos na gestão municipal de Xambioá.

Foi vereador em Palmas e chegou à Câmara dos Deputados, em Brasília, em 2002, com número expressivo de votos, 37.251 mil.

Em 2006, foi reeleito. Em apenas dois mandatos (2003/2006 e 2007/2010), Eduardo Gomes se tornou um dos mais influentes parlamentares do Brasil.

Cumpriu mandato de Deputado Federal até janeiro de 2015. Em 2014 disputou o Senado mas foi prejudicado por pesquisas, principalmente o Ibope, que mostraram uma ampla margem de diferença de votos que não se concretizou nas urnas.

Senador Eduadro Gomes

Eduardo Gomes ficou em primeiro lugar na preferência do eleitor na disputa por uma das duas vagas ao Senado em 2018. Ele conquistou 248.358 votos (19,48% dos votos válidos). Teve paciência e soube dialogar e articular para conseguir encabeçar uma das vagas. Teve votos nos mais distintos grupos políticos e sua campanha foi abraçada de norte a Sul do Estado por lideres.

Antes mesmo de assumir o mandato, em fevereiro de 2019, Eduardo Gomes já vem demonstrando sua capacidade e influência como articulador político ao mediar algumas situações de conflito no Estado.

Com vasta experiência na vida pública, prometeu lutar por mais recursos e o desenvolvimento para o Tocantins e lidar com bandeiras sociais importantes além do municipalismo.

Gomes tem sua trajetória marcada também por gratidão. Esteve ao lado do senador João Ribeiro, um dos maiores líderes do Estado, e tem como suplente o ex-governador Siqueira Campos que assumirá no Senado dias depois a posse de Gomes num ato de homenagem e reconhecimento pela luta em prol do Tocantins.

Gomes já disse que quer atuar integrado com a bancada do Tocantins num trabalho de união partidária e política em prol deste momento que passa o Estado.

Visado por muitos partidos, Gomes trabalhou duro no final do ano passado junto aos prefeitos de Araguaína e Palmas já em busca de liberação de recursos. A ligação dele com as duas cidades fica maior ainda após a expressiva votação.

Seu primeiro suplente é Siqueira Campos e o segundo o médico, Ogari Pacheco.

Senador Eduadro Gomes – Divugação

– Irajá Abreu (PSD)

Senador Irajá Abreu – Divulgação

Filho da também Senadora Kátia Abreu (PDT), é o mais velho dos três filhos. Irajá começou a trabalhar aos 11 anos.

Com 16 anos pediu sua emancipação para assumir um pequeno negócio.

Consolidado como empresário foi eleito em 2010 o deputado federal mais novo do Tocantins, com 27 anos.

Foi eleito o segundo deputado federal mais votado do Tocantins, em 2014, com quase 63 mil votos, pelo PSD.

Nas eleições de 2018, conquistou a segunda vaga para o Senado Federal, pelo Tocantins, obtendo votos 214.355 votos, o que corresponde a 16,82% dos votos válidos, sendo o senador mais jovem da história, com apenas 35 anos.

A trajetória política, a capacidade de articulação herdada da mãe, coloca Irajá como um nome forte, dentro do Senado. Durante a campanha o candidato buscou se alinhar com a juventude, prometendo trabalhar políticas públicas para este segmento e a imagem do novo, da renovação.

Irajá será o senador mais jovem do Senado e diz que fará uma atuação voltada para a necessidade de todos os municípios.

O empresário Marcos Souza é o primeiro suplente e o vereador de Arguaína e presidente da União dos Vereadores do Estado (Uvet), Terciliano Gomes (PDT) é o segundo.

Divulgação

Sua opinião é muito importante: