Menino de seis anos de Natividade realiza sonho de ganhar farda da PM

Um final feliz foi dado para a história do menino Yan Rodrigues, de 06 anos, que sonhava em ganhar uma farda da PM. A admiração do menino pela Polícia Militar ganhou repercussão nas redes sociais depois que a página oficial do Instagram da PMTO (@pmto_oficial) publicou um vídeo em que o menino expunha seu interesse e apreço pela PM. O vídeo teve mais de 2 mil acessos somente na página da PM, bem como milhares de acessos em outras páginas sociais que divulgaram a ação do menino.

No sábado, 26, policiais militares da Força Tática em Natividade presentearam o menino Yan Rodrigues de 06 anos, com fardamento, mini viaturas, brevês e materiais escolares.

Após receber o vídeo na semana que antecede a ação, um grupo de policiais militares da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, em Dianópolis, área responsável pela cidade de Natividade, se reuniram em uma popular vaquinha e entregaram todo material à criança durante uma festa temática elaborada.

A Polícia Militar não dispõe de fardamentos mirins, motivo este que não poderia suprir, diretamente, o desejo da criança. Entretanto, cerca de 30 militares, a maioria da Força Tática, resolveram se unir para realizarem o sonho do menino e entregando pessoalmente todo material adquirido.

O pequeno Yan Rodrigues não segurou a emoção e afirmou por diversas vezes que o sonho dele estava sendo realizado. Ainda agradeceu os parabéns cantado pelos policiais militares, esbanjando alegria e satisfação com a presença dos militares da Força Tática.

Ele foi chamado na porta pelos policiais ao som da sirene do carro policial, recebendo primeiramente os presentes, onde vestiu a farda, e depois recebeu os parabéns pela data tão importante em sua vida.

Para o coordenador da ação, o taticano Capitão PM Dalla, o objetivo foi enaltecer a imagem da PM na região, principalmente em Dianópolis, visto que há 100 anos houve um episódio de conflito entre as forças de segurança e a comunidade local, cujo distanciamento entre as partes permaneceu por muitos anos. Atualmente, a comunidade é bem mais próxima da PM e participa, inclusive, de ações para dirimir os problemas que afligem a comunidade local, através de ações de polícia comunitária.

Para o comandante da 2º CIPM, em Dianópolis, a imagem institucional deve ser fortalecida com a ação, principalmente pelo fato de envolver militares voluntários, cuja atuação mostra comprometimento em tornar real o sonho de uma criança. Segundo o comandante, é uma honra saber que o adulto de amanhã se espelha na Polícia de hoje.

Sua opinião é muito importante: