Após interdição da ponte, empresas anunciam cancelamento de linhas de ônibus entre Porto e Goiânia

Passageiros terão que embarcar para em Goiânia - Reprodução TV Anhanguera

Após a intedição da ponte que dá acesso para a TO-225, em Porto Nacional, região central do Tocantins, empresas de transporte coletivo interestadual anunciaram o cancelamento das rotas entre Goiânia (GO) e a cidade.

A partir de agora, o passageiro que precisa viajar, terá que comprar passagens para Palmas e embarcar na rodoviária da Capital.

Nesta sexta-feira, 8, produtores fizeram uma manifestação contra a interdição. Segundo eles, produtos como carnes e hortaliças, podem ficar mais caros, já que um desvio de quase 200 km precisa ser feito para que os produtos sejam entregues nas cidades vizinhas e pode gerar aumento do frete.

Interdição

O Governo do Tocantins decidiu interditar totalmente a ponte, depois que um laudo encomendado pelo Ministério Público Estadual (MPE-TO), indicou uma alta probabilidade dela entrar em colapso até 2020.

Construída em 1979, em 2011 o tráfego foi restrito para os veículos acima de 30 toneladas e no último dia 6, o Estado anunciou o interdição para a segurança de motoristas e de pessoas que precisam usar a ponte.

Sua opinião é muito importante: