Jair Farias acredita em consenso no MDB, exalta Miranda e diz que Gomes vai ajudar partido no entendimento

Cotado para disputar a presidência do MDB, o deputado estadual Jair Farias voltou a afirmar nesta segunda-feira, dia 11, que só disputará a eleição se houver consenso em torno do seu nome. O deputado esclareceu que não é candidato de si mesmo. “Sou candidato se for um consenso para a unidade partidária, se houver esse chamamento do partido o meu nome está à disposição, mas não serei um candidato intransigente, até porque eu vejo que o momento é de união, não é momento de divergência”, destacou. “Se os líderes do partido quiserem, podemos aceitar esse desafio de reorganizar o MDB no estado, mas vai depender dessa conversa de amanhã”, observou.

Lideranças do partido e a bancada de deputados estaduais e federal se reúnem nesta terça-feira, dia 12, às 9 horas na Capital. Jair Farias acredita que a reunião da executiva será decisiva para definição de um nome de consenso. “Da minha parte eu sou do consenso, do diálogo, da paz, não gosto de embate, muito menos de briga”, garantiu. “Já falei isso e vou reiterar novamente que o presidente Derval de Paiva é um homem honrado, tem nossa admiração, nosso respeito, nosso carinho, se ele se propuser a ser candidato naturalmente não quero ser empecilho para isso, mas essa é uma questão de foro íntimo dele, e ele deve se posicionar no dia de amanhã”, avaliou. “Ouvi falar que ele vai pedir uma licença para ter uma isenção no pleito eleitoral, não acho que seja necessário, mas é uma decisão dele”, pontuou.

Jair Farias defende o fortalecimento do MDB e a construção de uma unidade partidária, respeitando os fundadores do partido. Ele entende que o momento é de renovação na política nacional, sendo necessária essa visão de agregar valores, buscar novos filiados, organizar os diretórios municipais para o embate de 2020, e consequentemente fortalecer a sigla para o embate de 2022.

“Como acabou essa questão das coligações na proporcional temos que preparar candidaturas fortes a prefeitos, já disse isso em outras oportunidades, o partido não pode ficar sem ter candidatura em Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso, Colinas, Palmas, Araguatins, em Tocantinópolis, Dianópolis, Arraias, Taguatinga, nos maiores centros”, elencou. “Precisamos ter essa visão para organizar e isso demanda tempo, em procurar a sociedade civil organizada, chamar a juventude para esse debate, chamar as igrejas, as mulheres, porque 30% das vagas têm que ser preenchidas por mulheres, então a gente precisa fazer esse trabalho de base para trazer essas pessoas para o partido”, avalia.

O objetivo, segundo o deputado, é fazer chapas competitivas para as câmaras municipais, bem como lançar candidatos com chance de eleição para o cargo de prefeito, em todos os municípios do estado que for possível.

Preparado

Indagado se estaria preparado para realizar esse trabalho de base, Jair Farias sustenta que está à disposição para promover a construção dessa unidade partidária, caso haja esse entendimento e união dos líderes. “Não quero ir pra disputa principalmente com o presidente Derval que a gente tem muitas deferências por ele e respeito”, reiterou.

Jair Farias fala em desafio e que o MDB deve ser protagonista do processo e não coadjuvante. “Eu sei que o desafio é grande e não é fácil. O MDB é um partido diferenciado, democrático, responsável pela reestruturação democrática do país, não pode ficar no processo como coadjuvante, temos que ser protagonistas desse processo e para isso precisamos fortalecer as bases, organizar os diretórios, promover encontros regionais, chamar a sociedade civil para esse debate, voltar a ser no MDB das ruas, das lutas e da defesa do povo brasileiro e do povo tocantinense”, analisou.

O deputado afirma que espera que os líderes importantes do partido tenham esse entendimento, citando nomes da deputada Dulce Miranda, do ex-governador Marcelo Miranda, “que é o maior líder do partido”, os deputados estaduais, ex-governador Moisés Avelino, ex-deputado Freire Júnior e o senador Eduardo Gomes, que ele considera um político “muito forte que vem fortalecer o partido”. “É um homem muito bem articulado em Brasília, já ocupa hoje a segunda secretaria no Senado da República, ele irá ajudar muito o estado do Tocantins e vai ajudar o partido sentar à mesa e conversar para fazer esse entendimento”, ponderou.

 

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado: Ativas 24 horas por dia.
O objetivo é manter permanentemente os leitores e webespectadores bem informados e capazes de tomar decisões com base no conhecimento do mercado que a Gazeta do Cerrado traz minuto a minuto em suas matérias dinâmicas, em primeira mão e exclusivas.
📍 Não fique no palpite de terceiros. Confira a análise e as notícias da Gazeta do Cerrado e garanta a sua opinião sólida e bem formada.
Instagram - Gazeta do Cerrado
Twitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
Twitter - Gazeta do Cerrado
Facebook com as transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.facebook.com/gazetadocerrado.com.br  
Facebook - Jornal Gazeta do Cerrado
YouTube com as vídeo reportagens: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
YouTube - Gazeta do Cerrado
Grupo da Gazeta do Cerrado
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denuncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796
Para mentes pensantes

Sua opinião é muito importante: