Cine Cultura exibirá documentário sobre conflitos agrários no Tocantins

 O registro de uma parte da história recente do Tocantins será exibido neste sábado, 16, às 19 horas, no Cine Cultura, que exibe o documentário Terra e Sangue, do diretor Antônio Souza. O Filme mostra a luta pelas terras da fazenda São João, hoje referência de vitória dos trabalhadores Rurais no estado do Tocantins.

A partir da história da Fazenda São João, situada no município de Porto Nacional, desde 1858, o documentário relata o abandono das questões relativas aos conflitos rurais, e a situação de violência a que ficam sujeitos quem busca o direito à terra.

“O filme torna visível uma das ocorrências mais violetas da vida no campo. A obscuridade da história no meio rural do país, através de relatos de moradores que viveram sob ameaças e insultos do latifúndio, pelo testemunho de homens e mulheres que, por muito tempo, experimentaram o julgo do descaso e da falta de atenção de uma justiça literalmente cega para com as necessidades destes”, afirma o diretor, Antônio Souza

Durante anos os trabalhadores foram vítimas de todo tipo de brutalidade e ataques, alguns terminaram vendendo suas glebas e indo embora. Somente quando os conflitos resultaram em mortes, é que houve um “olhar das autoridades” para a questão, concluiu Souza

Sinopse

Em meados do século XIX, a senhora Ana Aires da Silva, requer junto a paróquia da cidade de Porto Nacional (Goiás) o direito de cultivar e criar animais nas terras do Vale do São João. Pouco tempo depois de se tornar dona das terras, Ana Aires morre sem deixar inventário; seus parentes mais próximos não dão importância à herança, a fazenda fica abandonada. No início do século XX grileiros se apossam irregularmente da fazenda com a finalidade de vendê-la.

confira

Documentário: Terra e Sangue

Local: Cine Cultura

Data: 16/03 às 19h

Entrada: Gratuita

Ano Produção: 2018

Duração: 71 min

Classificação: 12 anos

Sua opinião é muito importante: