Lançamento da Exposição de Siqueira é prestigiado por amigos e políticos : “gostaria de ver o Estado mais à frente”, admite ex-governador

0
60

Maju Cotrim

O lançamento da Exposição que homenageia o ex-governador e suplente de senador, Siqueira Campos acontece na noite desta quinta-feira, 14, no Memorial Coluna Prestes. Ele chegou caminhando acompanhado de amigos e familiares.

Estavam presentes o presidente da Assembleia, Toinho Andrade, o governador Mauro Carlesse, membros do Tribunal de Contas e personagens da fundação do Tocantins como Raimundo Boi. A prefeita de Palmas, Cínthia Ribeiro e os deputados Amélio Cayres, Eduardo Siqueira, Issam Saado, Ricardo Ayres e Olyntho Neto também compareceram.

Bem humorado, Siqueira falou à Gazeta do Cerrado. “Estou muito feliz, alegre, o Tocantins é meu remédio”, disse.

Ele relembrou a separação do Estado de Goiás e chegou a dizer que fez tudo que teve condições para melhorar o Estado porém admitiu: “Gostariam de ver o Estado mais a frente”, afirmou.

O ex-governador disse ter orgulho da luta pelo Estado e se dirigindo ao governador Carlesse afirmou: “ele edta passando o que eu passei: querer fazer mas não ter o dinheiro”, disse.

A cerimônia é marcada por homenagens de músicos tocantinenses e vídeos contando a história do Estado.

A Exposição

Estará aberta ao público nesta sexta-feira, 15, a partir das 8h, no Memorial Coluna Prestes, em Palmas, a Exposição Siqueira Campos, um estadista do setentrião goiano ao Tocantins. A mostra tem entrada gratuita e narrará o processo de luta pela criação do estado do Tocantins.

O curador da exposição, o arquiteto José Eduardo Rodrigues, conta que o carro chefe da mostra é uma linha do tempo desenvolvida por meio de 24 painéis com cerca de 80 fotos, inclusive inéditas, complementadas com textos.

Para que os visitantes contextualizem os fatos históricos da criação do Estado a acontecimentos relevantes de repercussões regionais, nacionais e mundiais, foram pontuados nos painéis, também de forma cronológica, relatos como a emancipação dos municípios de Araguaína e Guaraí, independência do Brasil e a Revolução Francesa.

Também compõem a mostra documentos e objetos do acervo pessoal do homenageado, informando sobre cada detalhe da história, desde a chegada dos Padres Jesuítas e o Ciclo do Ouro na região norte, até a criação do estado do Tocantins pela Assembleia Constituinte de 1988 no Congresso Nacional.

A Exposição Siqueira Campos segue no Memorial Coluna Prestes até o dia 19 de junho.

Sua opinião é muito importante: