Ciclista morre ao ser atropeado na TO-404 no norte do TO

Ciclista foi atropleado na TO-404 e o motorista fugiu sem prestar socorro - Divulgação Google

Samuel Pereira da Silva, de 24 anos, não resistiu aos ferimentos após ser atropelado, na TO-404, no povoado Taúba, em Augustinópolis, região norte do Tocantins. Segundo as informações da Polícia Militar (PM), a vítima estava com uma amiga numa bicicleta no momento do acidente.

Silva morreu ainda no local. A PM informou que quem pediu socorro foi a amiga da vítima. Ela informou que ambos estavam vindo de Praia Norte e desceram da bicicleta quando chegaram em uma subida.

Um veículo que estava vindo na mesma direção de Samuel o atropelou e a vítima foi arremessada para fora da pista. O motorista fugiu sem prestar os primeiros socorros.

O corpo de Silva foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Augustínópolis, após a perícia comparecer no local do acidente.

_____________________________________________________________________

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado: Ativas 24 horas por dia.
O objetivo é manter permanentemente os leitores e webespectadores bem informados e capazes de tomar decisões com base no conhecimento do mercado que a Gazeta do Cerrado traz minuto a minuto em suas matérias dinâmicas, em primeira mão e exclusivas.
📍Não fique no palpite de terceiros. Confira a análise e as notícias da Gazeta do Cerrado e garanta a sua opinião sólida e bem formada.
Instagram - Gazeta do Cerrado
Twitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
Twitter - Gazeta do Cerrado
Facebook com as transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.facebook.com/gazetadocerrado.com.br  
Facebook - Jornal Gazeta do Cerrado
YouTube com as vídeo reportagens: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
YouTube - Gazeta do Cerrado
Grupo da Gazeta do Cerrado
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denuncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796
Para mentes pensantes

Sua opinião é muito importante: