Hospital do Amor: Obras do primeiro pavilhão devem ser concluídas em 90 dias

0
63
As obras do primeiro pavilhão do Hospital do Amor deverão ser entregues em noventa dias - Divulgação

Equipe Gazeta do Cerrado

As obras do Hospital do Amor (HA) de Palmas estão a todo vapor. A unidade hospitalar que será instalada no Tocantins está com o primeiro pavilhão a 90 dias de ser finalizado e deve começar a funcionar até o final do ano.

A construção do segundo pavilhão deve ter início logo após a inauguração da primeira obra.

A coordenadora do HA em Palmas, Ana Paula Bichuette informou que nessa primeira etapa, irão funcionar serviços de prevenção, consultas e quimioterapia de pacientes em tratamento contra o câncer.

Ana Paula explicou sobre a importância de se ter uma unidade do Hospital do Amor no Tocantins.

“Onde tem uma unidade do Hospital do Amor o índice de morte cai muito, principalmente de mulheres com câncer de mama e de colo de útero. O HA tem salvo milhares de pessoas com seus protocolos de prevenção”, disse à Gazeta.

Somente na unidade de Barretos em 2018, foram atendidos aproximadamente 192.215 pacientes. Desse total, 94 municípios do Tocantins encaminharam 805 pessoas para fazer tratamento contra o câncer, a maioria em Palmas (204), Gurupi (88) e Araguaína (50).

Ao todo, foram 19.188 atendimentos somente para o Tocantins.

Por fim, a coordenadora encerrou dizendo que acredita muito no projeto e na mudança que ele pode trazer. “O Hospital já tem mudado a realidade oncológica de muitos estados e vai transformar a saúde pública do nosso Tocantins e também nos estados vizinhos.

 

________________________________________________________________________

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado24 horas por dia:
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Sua opinião é muito importante: