Cientistas criam aparelho que transforma a neve em energia

A energia é produzida a partir do atrito da neve com o device (Foto: Dezeen/ Reprodução)

A energia solar é uma fonte limpa e sustentável de eletricidade viável para países tropicais. Já nos territórios mais próximos aos hemisférios norte e sul, a energia eólica se adapta melhor às condições climáticas. Porém, uma grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, realizou investigações para tornar os painéis captadores de luz natural em solução universal.

Para isso, eles desenvolveram um pequeno aparelho que pode ser instalado nas placas solares, que é capaz de gerar energia a partir do gelo. Trata-se de um nanogerador triboelétrico à base de neve, batizado de Snow Teng.

A triboelétrica, fenômeno aplicado na nova tecnologia, diz respeito à capacidade que diferentes tipos de materiais têm de adquirir cargas positivas e negativas, após passarem pela eletrização por atrito. Em suma, o produto final é gerado a partir da energia estática.

Feito de silicone, o aparelho possui cargas negativas. Já a neve, tem cargas positivas. De volta para as aulas de física da escola, o contato do material com o gelo provoca a troca de elétrons, produzindo energia. Essas características conferem à tecnologia baixo baixo e facilidade de produção.

A grande inviabilidade do projeto é que o device produz pouca quantidade de eletricidade. Mas os time de pesquisadores afirma que, um dia, ele poderá ser utilizado de forma complementar nos painéis solares. Apesar de haver sol durante as estações mais frias de países solares, camadas de neve cobrem as placas, impedindo a absorção da energia do sol. Dessa forma, a tecnologia tornaria úteis as formas de energia solar em qualquer lugar do mundo.

O aparelho pode ser instalado em calçados esportivos, para gerar energia para os atletas (Foto: Dezeen/ Reprodução)
O aparelho pode ser instalado em calçados esportivos, para gerar energia para os atletas (Foto: Dezeen/ Reprodução)

Enquanto o Snow Teng ainda não é otimizado para gerar energia em grande escala, os pesquisadores afirmam que ele pode ser instalado em tênis e sapatos esportivos, gerando energia para itens utilizados por atletas na neve. Outra solução é utilizá-los como estações meteorológicas. Uma vez que o aparelho não depende de fontes externas, ele poderia coletar informações sobre as condições climáticas em regiões frias isoladas, como a precipitação da neve, a direção em que ela está caindo e outros dados.

fonte: Casa & Jardim

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado24 horas por dia:
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Sua opinião é muito importante: