Polícia fecha ponto de venda de drogas e prende suspeita de trafico em Guaraí

Mulher é presa pela Polícia Civil com drogas e dinheiro em Guaraí

Na tarde desta sexta-feira (17), a Polícia Civil efetuou a prisão em flagrante por tráfico de drogas de uma mulher de inicias D. A. M, de 19 anos de idade.

De acordo com o delegado-regional Adriano Carrasco, a prisão acorreu em virtude de cumprimento a mandado de busca e apreensão na residência da investigada, no exato momento em que ela vendia uma porção de crack a um usuário. No local, os policiais civis encontraram e apreenderam várias porções de maconha, cocaína e crack, bem como mais de R$ 1.400 reais proveniente da venda do entorpecente.

Ainda conforme o delegado, a mulher já estava sendo monitorada, devido à suspeita de seu envolvimento com o tráfico de drogas, em Guaraí. “Há algumas semanas, nossas equipes estavam acompanhando a movimentação de D.A.M e após levantarmos indícios de que, de fato, ela estava utilizando a própria residências como ponto de venda de drogas, representamos, junto ao Poder Judiciário, pela busca e apreensão no local, onde pudemos confirmar as informações inicialmente levantadas”, frisou.

Diante das evidências, ela foi conduzida à sede da Central de Atendimento da Polícia Civil, em Guaraí, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Em seguida, após os procedimentos legais cabíveis, a mulher foi recolhida à Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

fonte: Secretaria da Segurança Pública

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado24 horas por dia:
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Sua opinião é muito importante: