Espetáculo “Quem Tem Medo de Travesti” será apresentado em Palmas

QTMT foto Leonardo Pequiar

Neste mês de maio, cidades do norte e nordeste entram em contato com o universo trans brasileiro por meio do projeto Travestis Itinerantes, do Coletivo Artístico As Travestidas e que propõe um percurso festivo, poético e artístico pelas duas regiões. Com a apresentação do espetáculo cênico-musical Quem Tem Medo de Travesti, o grupo se utiliza desse tipo de linguagem como um instrumento de questionamento e transformação social. O projeto, que foi contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018, inicia em Teresina (PI), passa por São Luís (MA), Belém (PA), Imperatriz (MA) e finaliza em Palmas (TO). Em algumas delas, também são realizadas oficinas.

 

Travestis Itinerantes chega a essas localidades, escolhidas por terem alto índice de violência especialmente contra a comunidade LGBTTI, para desconstruir preconceitos. Quem Tem Medo de Travesti é composto por atores, cantores e bailarinos. O espetáculo se constrói a partir de relatos pessoais e da pesquisa acerca da travestilidade no teatro e na sociedade, passando pelo glamour do teatro de revista e chegando à decadência e marginalização da figura trans na sociedade atual.

QTMT foto Leonardo Pequiar

 

A peça expõe histórias sobre arte, exclusão, decadência e violência, presentes no cotidiano desta população e, ao mesmo tempo, subverte essas histórias tristes. Vai além ao abordar narrativas de superação e transformação, com o interesse em fortalecer e ampliar essa investigação, promovendo um estudo acerca da “artesania” e “travestilidade” enquanto metodologia em artes cênicas. Trata-se de um espetáculo de pesquisa social, antropológica e artística escrito e dirigido por Silvero Pereira, ator e pesquisador cearense, e Jezebel De Carli, professora e diretora gaúcha.

 

Oficinas

São Luís (MA), Belém (PA) e Palmas (TO) são as cidades que também recebem oficina sobre procedimentos técnicos de atuação, dramaturgia e estética de encenação a partir dos conceitos de arte, performance e transformismo. Para isso, o coletivo As Travestidas utiliza estudos teóricos e práticos que possuem como base as montagens de espetáculos próprios.

 

Sobre o Rumos Itaú Cultural

Um dos maiores editais privados de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira. A iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

 

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 6 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados.

 

Nesta edição de 2017-2018, os 12.616 projetos inscritos foram examinados, em uma primeira fase seletiva, por uma comissão composta por 40 avaliadores contratados pelo instituto entre as mais diversas áreas de atuação e regiões do país. Em seguida, passaram por um profundo processo de avaliação e análise por uma Comissão de Seleção multidisciplinar, formada por 21 profissionais que se inter-relacionam com a cultura brasileira, incluindo gestores da própria instituição. Foram selecionados 109 projetos, contemplando todos os estados brasileiros.

 

Ficha Técnica

Idealização: Silvero Pereira

Direção e Dramaturgia: Jezebel De Carli e Silvero Pereira 

Elenco: Mulher Barbada, Denis Lacerda, Patrícia Dawson, Diego Salvador, Ítalo Lopes e Verònica Valenttino.

Pesquisa Musical: Silvero Pereira

Preparação Vocal: Angela Moura

Música Original: Verónica Valenttino

Figurinos e adereços: Antônio Rabadan

Cenografia: Elaine Nascimento

Iluminação (turnê): Ricardo Vivian

Operador de Som: Fábio Vieira

Contrarregra: Rafael Rogante

Programador Visual: Cubiculo (Fabio Arruda e Rodrigo Bleque)

Fotos Divulgação: Leonardo Pequiar

Registro e fotos (turnê): Theo Tajes

Assessora de imprensa (turnê) : Maira Baracho

Social Media (turnê): Alef Generoso

Realização: Coletivo Artístico As Travestidas | Quintal Produções

Idealização e Produção: Quintal Produções

Direção Geral: Verônica Prates

Coordenação Artística: Valencia Losada

Produção Executiva: Thiago Miyamoto e Nely Coelho

Assistência de produção: Rafael Rogante

 

SERVIÇO:

Rumos Itaú Cultural 2017-2018

Travestis Itinerantes

 

Espetáculo: Quem Tem Medo de Travesti

Teatro do Sesc Palmas

Dias 25 e 26 de maio, às 20h (sábado) e 19h (domingo)

Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia)

Informações: (63) 32129954 – Whatsapp: 21 997840711

 

Oficina

Procedimentos técnicos em atuação, dramaturgia e encenação do Coletivo As Travestidas

Local: Espaço Mais Cultura

Data: 27 de maio, das 10h às 17h

Gratuita

Inscrições:  Envio de cv resumido para [email protected]

Informações:  Whatsapp: 21 997840711

Fonte: Assessoria Coletivo Artístico as Travestidas

________________________________________________________________________

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado24 horas por dia:
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Sua opinião é muito importante: