Valdemar Júnior propõe que governo monte Casa de Apoio em Barretos para acolher pacientes do Hospital do Amor

Valdemar Jr

Preocupado e sensibilizado com a situação dos pacientes oncológicos tocantinenses que buscam tratamento no Hospital do Amor de Barretos (SP), o deputado estadual Valdemar Júnior (MDB) propôs ao governo do Estado, por meio de requerimento, apresentado na sessão desta terça-feira, dia 22, a construção de uma Casa de Apoio na cidade, para acolher as pessoas enfermas e familiares que se deslocam do Tocantins para São Paulo, a procura de tratamento clínico.

Durante a sessão o deputado exibiu um vídeo, a qual o coordenador de projetos do Hospital do Amor, Rubikinho Carvalho, ao lado de uma paciente tocantinense do município de Novo Jardim, pede o empenho dos parlamentares, senadores e governo do Estado, para criar uma Casa de Apoio na cidade.

Rubikinho também relata no vídeo, que o Hospital do Amor está tratando de 805 pacientes oriundos de 94 cidades tocantinenses, que recorrem a Barretos, a procura de ajuda para o tratamento de Câncer.

Valdemar que esteve em Barretos no final de semana para conhecer o trabalho do Hospital do Amor e visitar o seu amigo, o prefeito de Paraíso Moises Avelino (MDB) que está na cidade, fazendo tratamento no hospital, disse que conheceu as Casas de Apoio de outros estados, instaladas ao redor da Unidade Hospitalar, para ver de que forma pode ser feito o acolhimento dos tocantinenses, a fim de que o Estado possa colocar em prática o serviço de assistência social no local.

“Fui visitar meu amigo Dr. Moises Avelino, que se encontra em Barretos fazendo tratamento do câncer, e tive a oportunidade de conhecer de perto o trabalho feito pelo Hospital e pelas Casas de Apoio de outros Estados. Fiquei impressionado com a estrutura da Unidade Hospitalar e das casas espalhadas ao seu redor, que são de vários municípios do Brasil. “Lá em seus diversos pavilhões, você encontra com cidadãos de vários estados do Brasil. Então é uma questão de gesto humanitário, nós deputados, nos consternarmos e nos solidarizarmos com o sofrimento dos tocantinenses que saem de vários lugares do interior do Tocantins, para fazer o tratamento do câncer, a fim de restabelecer suas esperanças na cura para a doença”, relatou.

O parlamentar disse que Barretos por ser hoje referência no tratamento do Câncer para toda América Latina, recebe gente de várias regiões do país. “Ocorre que o Tocantins não possui Casa de Apoio para dar tal assistência a estes pacientes que não possuem condições financeiras para custear hospedagem, ou até mesmo para se alimentar, porque as despesas ficam altas e o tratamento dura meses” explicou.

“É por esse motivo, que faço questão de apresentar o requerimento em regime de urgência, para que o governo do Estado possa montar uma Casa de Apoio em Barretos, por tempo indeterminado, para acolher os enfermos e acompanhantes, que são submetidos à tratamento de quimioterapia, radioterapia, ou que necessitam de realizar exames, a fim de que os mesmos possam ter um espaço adequado para se hospedarem e se alimentarem, realizando assim, um tratamento que necessitam com os devidos cuidados especiais”, ressaltou.

Sua opinião é muito importante: