Investigação sobre fantasmas na AL: vereador Tony Andrade fica em silêncio durante depoimento

Tony Andrade ficou em silêncio durante depoimento - Foto: TV Anhanguera

O vereador de Porto Nacional e filho do presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, Tony Márcio Andrade (PSD), ficou em silêncio durante o interrogatóro sobre servidores fantasmas em gabinetes de deputados nesta quarta-feira, 12.

O vereador foi recebido na Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (Dracma), na Capital. O político foi citado por um investigado na Operação Espectro II, desdobramento da Catarse.

Quando citado pelo outro investigado, o servidor disse que devolvia cerca de 80% do salário para Tony Andrade. Segundo as informações da Polícia Civil, outras duas pessoas foram ouvidas e o inquérito deve ser finalizado ainda esta semana.

Apesar do gabinete do presidente da AL-TO, Antônio Andrade (PHS) ser alvo de investigação, os deputados não são investigados nessa etapa da operação.

Após o depoimento, Tony Andrade saiu da delegacia sem falar com a imprensa e seu advogado disse que o político não vai se posicionar neste momento.

*Com informações do G1 Tocantins

______________________________________________________________________

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado24 horas por dia:
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Sua opinião é muito importante: