Defesa apresenta atestado médico e acusado de matar taxista em Palmas tem julgamento adiado

Cléber Venâncio é acusado de matar o taxista Allan Kardec - Divulgação SSP-TO

Cléber Venâncio, acusado de assassinar o taxista Alan Kardec de Oliveira, durante uma emboscada em Palmas, teve o julgamento adiado novamente. O júri popular que estava previsto para acontecer nesta quinta-feira, 13, foi remarcado para o o dia 15 de outubro deste ano.

A decisão foi anunciada logo após o início da audiência e o pedido foi feito pela defesa do acusado que apresentou um atestado médico de 10 dias.

O crime aconteceu em 2015 e Allan Kardec foi morto em frente à casa onde morava. Ele trocava um pneu quando foi surpreendido com cinco tiros. O filho de 8 anos do taxista, um dos mais antigos de Palmas, presenciou o crime.

Conforme as invesitgações, a Polícia Civil concluiu o inquérito que comprovou que Cléber é um pistoleiro e teria sido contratado para matar Allan por uma terceira pessoa.

Em 2016, o juiz Gil de Araújo Corrêa da 1ª Vara Criminal de Palmas, determinou a realização do júri popular porque “havia indícios suficientes de que o réu planejou uma emboscada para o taxista”.

Cléber foi preso porque após o assassinato, uma das testemunhas o seguiu até a sua residência.

Câmeras de vídeo instaladas no local confirmaram a versão da testemunha que não teve o nome divulgado.

Crime aconteceu na porta da casa de Allan Kardec – Foto: Ana Paula Rehbein/TV Anhanguera

*Com informações do G1 Tocantins

________________________________________________________________________

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado24 horas por dia:
Twitter - Gazeta do CerradoTwitter: (@Gazetadocerrado): https://twitter.com/Gazetadocerrado?s=09
YouTube - Gazeta do CerradoYouTube vídeo reportagens e transmissões 🔴 AO VIVO🔴: https://www.youtube.com/c/GazetadoCerrado-TVG
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais (63) 981-159-796

Sua opinião é muito importante: