Mulher agredida com pedradas morre após quase um mês internada

Fachada do IML - Autor Dennis Tavares

Uma mulher que estava internada no Hospital Geral de Palmas há quase um mês morreu na noite desta quarta-feira, 10, na capital. Daniela Batista Araújo, de 34 anos, não resistiu aos ferimentos após ser atacada com pedradas na cabeça em Taquaralto. O crime foi no dia 15 de junho.

O corpo dela foi levado para o Instituto Médico Legal e permanecia no local até às 7h desta quinta-feira, 11. Ainda não há informações sobre o que motivou o ataque.

Fonte: G1 Tocantins

Sua opinião é muito importante: