Miracaxi 2019: governo liberou emendas antes do evento mas reconhecimento público deixou a desejar

Miracaxi 2019

Maju Cotrim

O governo do Tocantins liberou R$ 300 mil em emendas parlamentares para a realização do Miracaxi este ano. O que chamou atenção foi que não foi citada a ajuda e apoio do governo durante o evento.

À Gazeta, o prefeito da cidade, Saulo Milhomem disse que fará uma nota oficial para agradar o governo pela ajuda na liberação e reforço ainda com a segurança.

Várias pessoas e políticos estranharam que nem a logomarca do governo estava nas peças. “Fizemos umas faixas agradecendo e vamos fazer uma nota oficial”, justificou o prefeito. Nos Bastidores do evento muitas pessoas sentiram falta de agradecimento ao governo.

O prefeito disse que cancelou a Abertura oficial do evento em razão do horário. Era o momento em que haveria discursos.

As emendas liberadas foram do deputado da cidade, Ivory de Lira e do emedebista, Nilton Franco. Ivory prestigiou o evento mas seu nome também pouco foi falado. O da deputada Dulce Miranda também foi citado várias vezes pelo locutor.

O deputado Ivory chegou a dizer que foi a primeira vez que as emendas foram liberadas antes do evento.

Além de Ivory estava presente também o senador licenciado, Eduardo Gomes que foi o mais votado na cidade na eleição do ano passado.

O atual gestor é pré-candidato à reeleição.

Sua opinião é muito importante: