21 Deputados aprovam 1% de reajuste para todos os poderes: Geo, Nilton e Rérisson votam contra em forma de protesto

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 09/10/2019

Última atualização em 09/10/2019 19:32

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Equipe Gazeta do Cerrado

As datas-bases com percentual de 1% do Executivo, Assembleia Legislativa, Judiciário, Ministério Público Estadual e Defensoria Pública do Estado foram aprovadas na noite desta quarta-feira, 09, no Plenário da Casa de Leis.

21 parlamentares votaram a favor do reajuste de 1%. Já os deputados Professor Júnior Geo, Nilton Franco e Delegado Rérisson votaram contrários.

Geo afirmou que estava se posicionando dessa forma em protesto, devido a redução na porcentagem das datas-bases dos poderes. “Chegar nesse momento afirmando que queria votar a favor dos 5% ou dos 3%, mas se ausenta nas comissões de se posicionar, para mim é brincar com entendimento Não estou votando contra servidor, estou votando contra a afronta que está sendo feita, em relação a redução da data-base que deveria ser em relação a inflação, o que não está sendo feito”, disse.

Na Tribuna, Nilton Franco se pronunciou a favor do reajuste encaminhado pelos demais poderes. Ele afirmou que as datas-bases têm sido concedida, adotando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e que nunca havia sido cogitado um reajuste menor.

“O crescimento da Receita Corrente Líquida (RCL) teve um crescimento significativo ao longo dos anos e não gerará desenquadramento em relação a Lei de Responsabilidade Fiscal. Nada justifica o 1% e o não cumprimento das leis e das constituições. Não são os servidores públicos o problema desse Estado, pelo contrário temos que garantir o que é apenas direito”, declarou.

Projetos enviados

Para a AL era previsto a data-base em 3,43%; a MP da Data-base do Executivo previa um índice de reajuste em 5,0747%; O PL da data-base do Judiciário tinha índice de 3,43%; O PL da data-base da Defensoria foi enviado com índice de 5,0747%; e os dois PLs das datas-bases do MPTO foram enviadas à Casa de Leis com índice 3,43%.

Após tramitar em todas as Comissões, o reajuste aprovado para todos os poderes e órgãos acima ficou em 1%. Os deputados Júnior Geo e Nilton Franco eram a favor nas Comissões do percentual encaminhado pelas instituições e pelos reajustes conforme o INPC.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]