Alunos relatam saudade e emoção ao voltarem a escolas no TO: “momento é de adaptação”, diz secretária

Por Gazeta do Cerrado | 09/02/2021

Última atualização em 09/02/2021 07:33

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Dispenser de álcool distribuídos nos prédios escolares auxiliam na proteção – Foto: Juliana Carneiro/Governo do Tocantins

Após adotarem os procedimentos necessários para garantir a segurança dos estudantes e profissionais da educação, unidades de ensino da rede estadual do Tocantins iniciaram nesta segunda-feira, 8, o retorno presencial gradativo de suas atividades. O primeiro dia foi marcado por ações voltadas a orientar os estudantes nos cuidados a serem adotados.

O planejamento da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) considera os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), orientando que as aulas sejam iniciadas pelas escolas das localidades que registraram menor incidência de casos de Covid-19 nos últimos dias. Entre outros equipamentos disponibilizados pela Seduc, estão as máscaras, que estão sendo entregues para todos os estudantes e profissionais.

A secretária Adriana Aguiar esteve nesta segunda-feira em algumas escolas da rede estadual para acompanhar o retorno das atividades presenciais. “Temos 147 unidades de ensino aptas a retornarem às atividades ao longo da semana. Hoje, estamos visitando unidades escolares para acompanhar de perto as adequações que foram realizadas. Esse primeiro momento é de adaptação para as escolas que estão retornando. Um momento para fortalecer o diálogo com pais e estudantes”, explicou Adriana Aguiar.

A titular da Seduc acompanhou as atividades no Colégio Estadual Darcy Ribeiro, em Pugmil; no Colégio Estadual David Barbosa Rolins, em Marianópolis; na Escola Estadual Professor Zacharias Nunes da Silva e no Colégio Estadual Tenente Salvador Ribeiro, em Santa Rosa do Tocantins; e no Colégio Estadual Fulgêncio Nunes, em Chapada da Natividade.

Os estudantes e profissionais também devem seguir regra de distanciamento social – Foto: Juliana Carneiro/Governo do Tocantins

Acolhimento e orientações

Os estudantes do Colégio Estadual Darcy Ribeiro, após uma atividade de acolhimento, participaram de palestra com orientações sobre as atitudes que precisam ter nesse retorno. “Com os cuidados que estão sendo adotados: uso das máscaras, distanciamento, uso do álcool, acredito que vai ser muito tranquilo. Eu estou achando muito bom esse retorno”, comemorou Ione Luz da Mota Silva, que é responsável por um estudante matriculado na unidade de ensino.

Para o retorno das atividades, as escolas estão preparando os estudantes para uma nova realidade. “Este, sem dúvida, é um momento muito marcante para a educação tocantinense. Estamos vivenciando mais uma etapa no retorno das aulas, em que seguiremos com uma parceria muito estreita com toda a comunidade escolar, as secretarias municipais de Saúde e, cada um fazendo sua parte, vamos vencer mais este desafio”, frisou Adriana Aguiar.

Estudantes comemoram

Aluna do 6° ano do Colégio Estadual David Barbosa Rolins, em Marianópolis, Cristiane Queiroz de Moura, 11 anos, comemorou a volta gradativa das atividades presenciais. “Estava com muita saudade da escola. Mesmo voltando em uma realidade totalmente diferente, seguindo distanciamento, eu estou muito feliz. Meus professores fizeram muita falta, estava com saudade de ouvir as explicações aqui na escola”, apontou.

Mikael Lucas Soares, 15 anos, estudante do 9° ano, da Escola Estadual Professor Zacharias Nunes da Silva, em Santa Rosa, falou da emoção em voltar para a escola. “Estávamos esperando esse dia. A escola é a base, é amor, e nós não podíamos ficar sem a escola. O aprendizado que adquirimos aqui é primordial para a garantia do nosso futuro. Estou muito feliz, acho que todos os alunos estão”, comemorou.

EPIs

Para garantir a segurança dos estudantes e dos profissionais, a Seduc destinou para as escolas, além de máscaras, outros Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), tais como álcool em gel, dispenser de álcool em gel para parede, álcool 70% e termômetro digital. As escolas ainda receberam material de comunicação visual de orientação e demarcação dos espaços escolares.

Outros equipamentos, tais como protetor facial, aventais, luvas, tapetes sanitizantes poderão ser adquiridos pelas unidades escolares, por meio de recursos oriundos da gestão descentralizada ou do aporte recebido por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Emergencial.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]