Após tumultos e tentativas de furar bloqueios, protesto de caminhoneiros na ponte FHC termina em buzinaço

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 24/05/2018

Última atualização em 24/05/2018 18:24

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Maria José Cotrim

A interdição dos caminhoneiros na ponte de Luzimangues parou o tráfego por 40 minutos. Eles fizeram um momento de conscientização com cartazes e ganharam adesão dos proprietários de carros de som.

A polícia militar reforçou o efetivo após motociclistas tentarem furar o bloqueio. Todos os tumultos foram contornados.

Os motoristas de Uber também aderiram ao movimento. Centenas de carros e motos tiveram queda aguardar. Após liberação da via, um grande buzinaço aconteceu em apoio aos Caminhoneiros.

A manifestação é contra a alta dos combustíveis no país. Mais de 10 pontos estão interditados no Tocantins.

O grupo recebeu várias doações de moradores e empresários.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]