Beliche no quarto: Nove projetos para se inspirar

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 10/05/2019

Última atualização em 10/05/2019 18:21

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

No quarto de crianças ele oferece aconchego para irmãos e ainda libera espaço para brincar. Já nas casas de praia, os beliches acomodam a família toda sem apertos. Além da praticidade e bom aproveitamento dos metros quadrados disponíveis, as camas instaladas na vertical podem, sim, fazer parte de dormitórios cheios de estilo. Confira nove projetos para se inspirar:

1. O desafio para projetar essa casa de 99 m² foi lançado aos arquitetos do escritório inglês Rise Design Studio. Por toda casa, pode-se ver otimização do espaço por meio da marcenaria inteligente. Para o quarto das duas filhas do casal proprietário, eles desenharam uma plataforma com gavetões instalados no degrau e que acomoda o beliche de madeira. O móvel lúdico foi inspirado nas barbatanas de uma baleia, animal preferido das pequenas. Ainda sobrou espaço para brincar debaixo da cama mais alta.

O quarto das meninas é composto basicamente por uma beliche, que contempla também a área de brincar (Foto: Ståle Eriksen/Reprodução) O quarto das meninas é composto basicamente por uma beliche, que contempla também a área de brincar (Foto: Ståle Eriksen/Reprodução)

2. Neste projeto assinado por Flavia Pimenta, a tarefa de oferecer diversão e conforto no quarto infantil fica por conta do beliche em formato de casinha. O cômodo foi desenhado para um pequeno de três anos, que passava da fase de bebê para criança. Portanto, o espaço remete ao refúgio dentro de casa, onde ele pode se sentir a vontade, e o forro de laminado preto aparece para ele soltar a criatividade nos desenhos. “É um revestimento fácil de limpar e um grande brinquedo, montado em diferentes níveis, com janelas e escadinha”, conta a arquiteta.

Beliche.  O móvel em forma de casa da Ameise Design recebeu forro de laminado preto lousa para o morador rabiscar sem culpa. Enxoval da Ameise Design. Tapete de inspiração indígena da Lorena Canals, na Ameise Design (Foto: Renata D’Almeida / Divulgação) O móvel em forma de casa da Ameise Design recebeu forro de laminado preto lousa para o morador rabiscar sem culpa. Enxoval da Ameise Design. Tapete de inspiração indígena da Lorena Canals, na Ameise Design (Foto: Renata D’Almeida / Divulgação)

3. Nesta casa de praia, assinada por Gustavo e Marcelo Seferin, os tons quentes da madeira e o azul do beliche, se encontram como o mar e o calor do sol refletido na areia. O clima náutico ainda aparece em um timão instalado na parede. Para dar conforto e agradar quem gosta de ficar acordado até mais tarde, uma luminária fica acima de cada cama. Prateleiras em uma das extremidades do móvel fazem a vez do criado-mudo.

O beliche foi a solução para a criança receber os amigos com conforto. As cores fazem alusão ao clima marítimo. A marcenaria da cama e a do armário têmexecução da Collett Móveis. Luminárias da Luzes do Mundo e piso da Tarkett (Foto: Marcelo Donadussi/Editora Globo) O beliche foi a solução para a criança receber os amigos com conforto. As cores fazem alusão ao clima marítimo. A marcenaria da cama e a do armário têmexecução da Collett Móveis. Luminárias da Luzes do Mundo e piso da Tarkett (Foto: Marcelo Donadussi/Editora Globo)

4. Os 16 m² do quarto de irmãs conta com espaço para estudar, brincar e dormir. As camas em direções diferentes foram instaladas para oferecer espaço para prateleiras e um criado-mudo ao lado da cama inferior. “Beliches devem suportar o peso das crianças e também o dos pais, que podem precisar subir, eventualmente”, disse o arquiteto Diego Revollo, responsável pelo projeto

O arquiteto Diego Revollo foi chamado para unir o espaço de dormir e brincar de duas irmãs em um quarto de 16 m². Para resolver a questão, foi projetado um beliche com camas desencontradas e prateleiras sob o vão. Como material, o arquiteto escolheu o pín (Foto: Edu Castello/Editora Globo) O arquiteto Diego Revollo foi chamado para unir o espaço de dormir e brincar de duas irmãs em um quarto de 16 m². Para resolver a questão, foi projetado um beliche com camas desencontradas e prateleiras sob o vão. Como material, o arquiteto escolheu o pín (Foto: Edu Castello/Editora Globo)

5. Branco e madeira deixam o protagonismo das cores para o exterior verde nesta casa de praia em Paraty, no Rio de Janeiro. O beliche fica instalado no quarto de hóspedes, que ganha o clima ainda mais tropical com o forro trançado no teto.

Nesse projeto do arquiteto Thiago Bernardes, a casa de praia em Paraty - Rio de Janeiro, ganhou um quarto de hóspedes com beliche para aproveitar melhor o espaço e acomodar mais de um convidado. O décor branco com madeira combina com o clima praieiro.  (Foto: Edu Castello/Editora Globo) O décor branco com madeira combina com o clima praieiro. (Foto: Edu Castello/Editora Globo)

6. A designer estadunidense Michelle Hinckley se destaca no ramo da decoração no blog 4Men1Lady. Sua casa mistura toques vintages e modernos em uma paleta sóbria com toques vibrantes. No quarto de seus filhos, o beliche conta com dois gavetões próximos ao solo e com o diferencial de acompanhar cortinas em cada cama, para que as crianças possam embalar no sono em um local escuro na medida certa. Nos dois andares, luminárias ficam instaladas ao lado dos travesseiros e um vão dá lugar para uma prateleira acima das almofadas. A ideia é ótima para substituir o criado-mudo nas alturas.

Já no quarto de dois dos filhos de Michelle, ela criou uma beliche, com pequenas cortinas que dão ainda mais charme para as camas e privacidade para os pequenos (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

7. A marcenaria vai além do projeto do beliche nesse quarto infantil projetado por Hugo Schwartz e Alexandre Gedeon, do escritório InTown. Não apenas duas, mas quatro crianças podem dormir ali. Ainda há espaço para armazenamento em armários com portas e prateleiras, sem atrapalhar a movimentação no local e o espaço para brincar.

No quarto das crianças, a beliche foi projetada pela dupla de arquitetos e executada pela marcenaria Móveis Ferreira. Armários da Ornare (Foto: MCA Estúdio/Divulgação) o quarto das crianças, a beliche foi projetada pela dupla de arquitetos e executada pela marcenaria Móveis Ferreira. Armários da Ornare (Foto: MCA Estúdio/Divulgação)

8. O quarto desenhado pela designer de interiores Magda Marconi é destinado apenas para um filho, mas há espaço para que ele possa receber os colegas. O beliche desconstruído substitui a bicama, muito usada em quartos infantis, e não compromete o espaço para brincar e estudar.

O quarto infantil criado pela designer de interiores Magda Marconi tem bastante espaço para o pequeno morador do espaço poder brincar, estudar e dormir sem espalhar tudo pela casa. A beliche veio como uma solução para os dias em que o pequeno recebesse vi (Foto: Luis Gomes) A beliche veio como uma solução para os dias em que o pequeno recebesse vi (Foto: Luis Gomes)

9. No projeto de Hana Lerner, a grande inspiração é o futebol, paixão dos irmãos que ali descansam. Para incluir o tema, a marcenaria do beliche imita um vestiário de campo e exibe camisetas de time medalhas conquistadas pelos pequenos. Na cama superior, a rede de gol oferece segurança, enquanto gavetões aproveitam todo o espaço debaixo do móvel.

QUARTO DE CRIANÇA | Cama projetada pela arquiteta Hana Lerner. Roupa de cama, papéis de parede e almofadas do Ateliê Nina Moraes. Piso laminado da loja Metro Quadrado. Bolas de futebol e skates são de acervo pessoal. (Foto: Flavia Martins / Divulgação) Bolas de futebol e skates são de acervo pessoal. (Foto: Flavia Martins / Divulgação)

10. Também desenhado por Hana Lerner,  o quarto acomoda quatro crianças na bicama e na parte superior, acessada por uma escadinha. Ali, há espaço para brincar e a madeira em formato de casinha oferece conforto e diversão.

Um quarto com aconchego de casa de vó para todos os primos se divertirem juntos. A arquiteta Hana Lerner, a Mooui e a Mimoo Toys’n Dolls criaram um ambiente lúdico para criancas de 2 a 7 anos com gostinho de férias infantis (Foto: Casa Na Toca/Divulgação) (Foto: Casa Na Toca/Divulgação)

fonte: Casa & Jardim
Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]