No Banner to display

Brasileiros aumentaram consumo de sanduíche e diminuíram tempo de preparo das refeições, aponta estudo

Por: Lucas Eurilio | 14/06/2020

Última atualização em 14/06/2020 09:01

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Estudo aponta ainda que brasileiros diminuíram o tempo de preparo das refeições

A nova edição do Consumer Insights, levantamento feito pela Kantar, aponta que os brasileiros aumentaram o consumo de sanduíches e diminuíram o tempo de preparo das refeições durante a quarentena imposta pelo novo coronavírus.

O estudo usou dados da solução Usage Food e Beverages, cuja amostra é de 1.500 pessoas por trimestre. De 16 de março a 10 de abril, segundo o levantamento, houve um crescimento de 34% no consumo de sanduíches no Brasil em comparação ao período de 17 de fevereiro a 15 de março.

Isso porque refeições mais rápidas, com preparo de até 20 minutos, estão sendo priorizadas nos lares brasileiros. Cada região, claro, traz a sua peculiaridade: no Nordeste, por exemplo, o cuscuz é mais comum; já no Sudeste, foram as massas que se tornaram protagonistas da cozinha da população.

Delivery

O delivery também ganhou força durante o confinamento e passou a complementar o dia a dia com fast food, pizzas, refeições e pratos prontos. Entre os brasileiros que pediram comida, 53% o fizeram de duas a três vezes na última semana. O hábito é uma tendência para o futuro: 19% dos que aderiram ao serviço dizem que, mesmo após a pandemia, pedirão mais do que antes.

Outro destaque, ainda de acordo com o levantamento, foi a alteração a partir da última semana de março no consumo em padarias, que retraiu fora das casas, mas cresceu dentro delas. Cafés, snacks salgados, biscoitos e sorvetes são as categorias que mais sofreram perda de penetração. Já refrigerantes e snacks salgados são categorias comumente compradas no mercado.

Bares, redes de fast food e restaurantes também têm sido impactados pela quarentena, consequência da queda no índice de consumo de alimentos prontos e cervejas. A retração deve-se majoritariamente às classes A e B e a pessoas que trabalham fora.

Fonte: UOL

#SóNaGazeta
#Coronavírus
#Quarentena
#Sanduíche
#NotíciasDoTocantins

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]