Comércio tocantinense e ramo de serviços tiveram queda preocupante em novembro de 2020

Por Gazeta do Cerrado | 18/01/2021

Última atualização em 18/01/2021 13:45

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp
A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada nesta sexta-feira, 15, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que, na passagem de outubro para novembro, o Tocantins foi destaque negativo entre os demais estados, registrando a maior queda (-5,7%) no volume de vendas do varejo ampliado. O volume de serviços também apresentou recuo, mas o decréscimo foi de apenas 0,3%.
O resultado negativo observado no comércio tocantinense em novembro (-5,7%) foi maior do que o registrado no mês de outubro (-0,9%). De acordo com os dados da pesquisa, a taxa de variação nacional, por sua vez, teve crescimento de 0,6%, com predomínio de resultados positivos em 17 estados.
Já o volume de vendas do comércio predominantemente varejista (que não inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e material de construção) também apresentou recuo (-1,3%), embora menor do que o registrado no mês de outubro (-5,4%). A taxa média do Brasil desse indicador  teve decréscimo de 0,1%, com predomínio de resultados positivos em 14 das 27 Unidades da Federação.

Ano anterior

Comparando os dados da Pesquisa Mensal do Comércio de novembro de 2020, com o mesmo período de 2019, o Brasil registrou acréscimo nas vendas de 3,4%, com predomínio de resultados positivos em 19 dos 27 estados. Pressionando negativamente, figuraram 8 Unidades da Federação, com destaque para: Tocantins (-7,5%), Paraíba (-5,1%) e Goiás (-5,0%).
Considerando o varejo ampliado (que também integra duas atividades de atacado – veículos, motos, partes e peças e material de construção), ainda no confronto com novembro de 2019, houve avanço de 4,1% na taxa nacional, com predomínio de bons resultados em 20 Unidades da Federação. O Tocantins, nessa comparação, registrou variação positiva, um crescimento de 4,5%.

Volume de serviços

Assim como no comércio, o volume de serviços no Tocantins registrou queda em novembro. Após variação positiva de 1,5% em outubro, o setor recuou 0,3% no mês seguinte. Conforme a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo IBGE na quarta-feira, 13 de janeiro, 19 dos 27 estados assinalaram expansão, acompanhando o avanço de 2,6% observado no Brasil.
Na comparação com o mês de novembro de 2019, o recuo do volume de serviços no Brasil (-4,8%) foi acompanhado por 22 das 27 unidades da federação. Tocantins foi uma delas: apresentando uma queda ainda maior (-4,0%).
Fonte IBGE

Veja

https://gazetadocerrado.com.br/em-guarulhos-governador-recebe-doses-do-to-e-garante-que-estado-vai-vacinar-ainda-hoje-1o-cidadao-tocantinense/
Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]