Como está o funcionamento dos Correios e dos Bancos durante pandemia?

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 03/04/2020

Última atualização em 03/04/2020 11:19

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Quais os horários de funcionamento dos correios e dos bancos em tempos de isolamento pelo coronavírus

Equipe Gazeta do Cerrado

Que medidas foram adotadas para o combate do novo Coronavírus?

Vários serviços e setores precisaram deixar de funcionar por conta da pandemia de Covid-19 que está deixando a população mundial assustada. O medo virou rotina na vida das pessoas e por agora a recomendação é sempre #FiqueEmCasa.

No Tocantins, o Governador Mauro Carlesse decretou situação de calamidade pública. Aulas foram suspensas e apenas serviços essenciais podem estar de portas abertas. Em Palmas a situação é a mesma. O Decreto da prefeita Cinthia Ribeiro também suspendeu o funcionamento de diversos setores, mas como estão e as agências bancárias e os Correios na Capital?

Correios

Os Correios adotaram medidas para reduzir os impactos da pandemia de coronavírus nos empregados da empresa e ao atendimento à população. Os atendimentos de rotina e operacionais estão funcionando com contingente reduzido, mas os serviços estão mantidos, inclusive SEDEX e PAC, que continuam sendo postados e entregues regularmente.

A empresa está divulgando nas unidades de atendimento e nas suas redes sociais as orientações sobre a prevenção à Covid-19.

Para evitar aglomerações, a sugestão é que os clientes usem os canais eletrônicos de atendimento, como o aplicativo Correios, por onde é possível fazer o serviço de pré postagem e rastreamento.

Além disso, os clientes podem procurar a Central de Atendimento disponível no site dos Correios.

Em Palmas

Os Correios informam que todas as agências de Correios de Palmas, exceto a unidade localizada no Capim Dourado Shopping, estão abertas e funcionando em horário normal, das 9h às 17h.

A empresa também coloca-se à disposição dos clientes pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo site https://apps2.correios.com.br/faleconosco/app/index.php.

Bancos

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que os horários de atendimentos ao público nas agências bancárias deve ser pelo período mínimo que vai das 10h às 14h.

Novos horários

Com o objetivo de assegurar a prestação de um serviço essencial, preservando o compromisso do setor com a garantia de segurança no atendimento ao público, especialmente os segmentos mais vulneráveis da população, a FEBRABAN informa que seus bancos associados manterão as agências bancárias abertas em horários diferenciados, nos próximos dias.

Em regime contingenciado, ou seja, com limite de pessoas no interior das agências e apenas com transações essenciais, as agências realizarão atendimento ao público pelo período mínimo das 10 horas às 14 horas, enquanto for necessário para atender às necessidades de combate à disseminação do COVID-19, responsável pela atual pandemia.

Para atendimento exclusivo para idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências, o atendimento será das 9 horas às 10 horas.

Os clientes serão informados dos novos horários por meio de comunicado na própria agência. A escolha das agências atende ao perfil desses públicos, que recebem suas aposentadorias e benefícios na rede bancária.

Os novos horários foram definidos dentro das orientações estabelecidas pelo Banco Central, que possibilita às instituições financeiras alterar horários de atendimento ou suspender serviços em agências selecionadas de forma pontual e por períodos limitados de tempo.

Os clientes serão devidamente informados pelos canais de comunicação de cada banco.

A FEBRABAN reitera a recomendação aos clientes para que evitem ir às agências. A entidade criou uma cartilha com informações úteis para o melhor uso dos canais digitais dos bancos. O material está disponível no link http://bit.ly/2xD2T4g

Bancários chegaram a fazer uma manifestação nesta quinta-feira, 2 onde pedem melhores condições e trabalho durante a pandemia.

“Bancos: quem lucra mais deveria dar exemplo. Bancários também é gente perecida de proteção”, alegou em faixa os manifestantes.

Leia sobre o assunto – Bancários protestam em Palmas: “quem lucra mais deveria dar exemplo”

#SóNaGazeta
#Correios
#Bancos
#Coronavírus

#HorárioCorreios

#HorárioBancos

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Marketing: Ana Negreiros

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]