No Banner to display

Confira dicas de terapias naturais que ajudam no combate ao estresse e ansiedade

Por Lucas Eurilio | 08/05/2020

Última atualização em 08/05/2020 09:51

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

Priorizar um sono de qualidade é fundamental para manter a saúde. Mas em tempos de coronavírus, é possível que a insônia se torne um problema ainda mais recorrente, já que a cobrança por ser produtivo na quarentena e o futuro incerto podem comprometer a qualidade do sono.

Embora a quantidade varie de pessoa para pessoa, as horas dormidas devem trazer revigoramento e sentir-se frequentemente cansado durante o dia pode ser um sinal de atenção.

“O excesso de preocupação com qualquer área da vida ou o medo exagerado por qualquer motivo pode ser um sinal de que o corpo precisa de ajuda para equilibrar essas emoções que podem levar à insônia”, alerta o naturopata Daniel Alan Costa, diretor da Escola Brasileira de Naturopatia e professor de Fitoterapia do curso de pós-graduação da USP. Dentro da Naturopatia, várias terapias integrativas podem ajudar a controlar o estresse e a ansiedade e promover um sono reparador. Confira 6 delas a seguir!

1. Cromoterapia

Na área do chuveiro deste banheiro, a tubulação e o cano de esgoto foram pintados de azul. O tom vibrante ganha ainda mais força na presença da estrutura de concreto (Foto: Victor Affaro/Editora Globo)
A cromaterapia pode ser aplicada na decoração, a fim de beneficiar o emocional. É o caso do azul, cor escolhida para o banheiro no projeto do arquiteto Diogo Oliva (Foto: Victor Affaro/Editora Globo)

cor azul, por exemplo, atua como um grande calmante, podendo ser utilizada tanto em casos agudos, como dores, inflamações e alergias, como também para atenuar o estresse, a ansiedade e a agitação. Mas vale ressaltar que na hora de dormir o indicado é um ambiente completamente escuro, uma vez que o principal hormônio do sono, a melatonina, precisa de um ambiente escuro para ser produzido. “Outras cores podem ser indicadas dependendo da causa da insônia e nesse caso o ideal é procurar um especialista”, afirma Daniel.

2. Aromaterapia

Os impactos positivos da aromaterapia em uma pessoa ansiosa são diversos (Foto: Freepik)
Os impactos positivos da aromaterapia em uma pessoa ansiosa são diversos (Foto: Freepik)

No âmbito dos aromas, estudos recorrentes apontam as melhores essências para o tratamento da insônia, como é o caso da lavanda, que tem ação calmante e tem efeito comprovado contra dor de cabeça, agitação, TPM, cólicas menstruais, ansiedade e depressão, que também são causas da insônia. Para os indivíduos mais irritados ou que vivem em ambientes estressores, os óleos de mandarina, bergamota e laranja doce tem indicações comprovadas em pesquisas científicas.

Outros óleos com forte ação calmante que auxiliam no tratamento da insônia são camomila romana, valeriana, manjerona, ylang-ylang e manjericão. As propriedades harmonizadoras dos óleos essenciais vão oferecer um equilíbrio físico, mental e emocional duradouros. “Para isso, é importante lembrar que os óleos essenciais não devem ser usados diretamente na pele. A sugestão é inalar o aroma profundamente diretamente do vidro ou utilizar os colares aromatizadores individuais. Eles também podem ser usados em difusores pela casa, estendendo o efeito para todos os integrantes da família, incluindo animais”, aconselha o especialista.

3. Fitoterapia 

A folha de louro pode ser usada para fazer chás e temperar receitas de carnes, feijão, peixes e frutos do mar (Foto: Pixabay/Monicore/Creative Commons)
Alguns chás podem ajudar a diminuir a ansiedade e a dormir melhor,(Foto: Pixabay/Monicore/Creative Commons)

Com propriedades calmantes, alguns chás podem ajudar a diminuir a ansiedade e a dormir melhor, como os de erva-cidreira, erva-doce, macela, passiflora, camomila, mulungu e valeriana. Na Alemanha, na Grã-Bretanha e em outros países europeus, a valeriana é aprovada oficialmente por autoridades médicas como uma planta que auxilia o sono e há séculos é utilizada para ajudar a dormir. “Ela é utilizada para o tratamento de distúrbios da ansiedade e de outras doenças que pioram com o estresse, como a diverticulose e a síndrome do cólon irritável”, conta Daniel.

4. Cristaloterapia

O uso de cristais na decoração. A arquitetura pode estimular os sentidos dos moradores em prol da consciência do bem-estar (Foto: Getty Images)
O uso de cristais pode regular em níveis mais sutis a nossa saúde (Foto: Getty Images)

“Existem diversas formas de se trabalhar terapeuticamente com os cristais. A mais comum é através da disposição de cristais sobre o corpo, que pode ser sobre a área a ser tratada ou sobre chakras, importantes centros de energia que regulam em níveis mais sutis a nossa saúde. Podemos ainda ter o uso de elixir de cristais, que é a preparação de água potencializada com a energia dos cristais”, explica o naturopata.

A ametista é a pedra da meditação e transmutação, do autodomínio e do relaxamento. Proporciona estabilidade, clareza de pensamento, atua como calmante e integra os sistemas do corpo. Já a pirita ajuda no tratamento de depressão, liberta de medos e frustrações, reduzindo a ansiedade. Além destas, recomenda-se o uso de cristais como o lápis-lazuli, azurita, quartzo azul e verde, sodalita, água-marinha, entres tantos outros.

5. Florais de Bach

aroma-floral (Foto: ThinkStock)
Os florais de Bach trazem melhoras em tratamentos no âmbito emocional (Foto: ThinkStock)

Os Florais de Bach são bem aceitos atualmente por promoverem alívio através de fórmulas naturais. Trazem melhoras em tratamentos no âmbito emocional, ajudando quem passa por problemas como a ansiedade. “Consultar um terapeuta é importante para ter uma fórmula personalizada que atenda da melhor forma a situação atual do paciente, mas no geral alguns florais podem ter uma boa atuação”, afirma Daniel.

A combinação de florais chamada Rescue tem a função de agir rápido para alívio emocional e pode ser usado em situações nas quais a pessoa precisa reestabelecer o equilíbrio emergencialmente. O Impatiens é indicado para aqueles que tendem a querer que tudo se resolva na hora, imediatismo que traz ainda mais ansiedade no dia a dia. O Red Chestnut ajuda a diminuir a preocupação em excesso, aquela que é exacerbada e sem motivos reais. Já o Mimulus pode ser usado para complementar e colaborar para diminuir o medo de tudo.

6. Meditação

O canto de meditação com Budas e velas dá as boas-vindas na entrada da casa (Foto: Lufe Gomes/Casa e Jardim)
O canto de meditação com Budas e velas dá as boas-vindas na entrada da casa da produtora de eventos Lica Paludo (Foto: Lufe Gomes/Casa e Jardim)

A meditação promove a melhoria do autocontrole, como uma forma de equilíbrio da mente. Manter o foco no momento presente faz com que a pessoa de fato vivencie e experimente de forma profunda os eventos do dia a dia e isto faz total diferença neste momento. “O desequilíbrio nesta área pode gerar dois tipos de problemas: viver projetando ações, o que gera quadros intensos de ansiedade e leva ao sofrimento, ou mergulhar no passado, o que gera angústias, tristeza, culpa, dor”, alerta o naturopata.

Segundo o especialista, muitos estudos científicos já comprovaram os diversos benefícios da prática. “É possível alcançar o equilíbrio emocional, reduzir a ansiedade generalizada, aumentar a imunidade, melhorar o sono, as dores crônicas, diminuir a frequência cardíaca e controlar a pressão arterial. É importante lembrar que meditar é como correr. Ninguém começa fazendo 30 minutos e da melhor maneira. É preciso praticar aos poucos. Minha sugestão é a de começar com um minuto de meditação e gradativamente aumentar o tempo”, ensina.

Fonte: Revista Casa e Jardim
Foto da Capa: Igor Josifovic

#SóNaGazeta
#Terapia
#Naturais
#Ansiedade

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim - @MajuCotrim
[email protected]

Diretor Geral (CEO): Marco Aurélio Jacob - @MarcoJacobBrasil
[email protected]

Presidente do Conselho Deliberativo: Stênio Jacob

Expediente

Sub Editor: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Colaborador: Fagner Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Contabilidade: Júnior Goes

Juridico: Jacqueline Paiva

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 984-571-004
[email protected]

Institucional (63) 981-159-796 (Marco Aurélio)
[email protected]